Santa MariaTragédia

NÃO CUSTA LEMBRAR. “Janeiro 27”, 1 ano outra vez

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 26 de janeiro de 2014, domingo:

JANEIRO 27. O documentário que emocionou a todos e terminou com o público aplaudindo de pé, na Unifra
Era apenas um dos atos previstos para o Congresso Novos Caminhos, promovido pela Associação dos Familiares das Vítimas da Kiss. Era. Na verdade, foi o ponto culminante da programação deste sábado, no auditório da Unifra. E que, como se poderia supor – desde que o trailer foi dado a conhecer -, emocionou a todos.

A pedido do editor, você lerá o relato da repórter Joyce Noronha, de A Razão (que trará amplos detalhes da cobertura dela e também dos demais profissionais do jornal, na edição de segunda-feira). As fotos são de Deivid Rodrigues. A seguir:

 “A gente vai ser sobrevivente para o resto da vida”

Um auditório cheio aguardava a exibição do documentário “Janeiro 27”, na tarde de sábado. Para alguns a sala estava lotada de participantes do 1º Congresso Internacional Novos Caminhos – A vida em transformação. Na verdade o lugar estava repleto de pais, avós, amigos, namoradas, namorados, familiares, sobreviventes e jornalistas. Todos seres humanos, com sentimentos

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, e a um dia dos dois anos decorridos da tragédia, é difícil não se emocionar com o trabalho realizado por Luiz Alberto Cassol, Paulo Nascimento e toda a equipe do filme – que, naquele dia, teve sua, digamos, estreia no formato total. Mais importante, no momento, é noticiar que amanhã, dia 27, haverá a possibilidade de ver (quem não viu) ou rever, agora pela internet. O sítio já noticiou e fará isso novamente, mas dá para antecipar que será às 3 da tarde e às 9 da noite, numa parceria com a UFSM. O link é este:www.multiweb.ufsm.br/aovivo/canal1

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo