EstadoPolíticaRegiãoSaúdeUFSM

SAÚDE. Em reunião com Sartori, reitor da UFSM e Pozzobom defendem gestão da Ebserh no Regional

No encontro, o deputado (D) também falou sobre projeto que cria a Microrregião Central
No encontro, o deputado (D) também falou sobre projeto que cria a Microrregião Central

O encontro foi no gabinete do reitor da UFSM, Paulo Burmann. Dele participaram, além do governador José Ivo Sartori – que liderou a Caravana da Transparência, atividade do governo do Estado em Santa Maria –, o vice José Cairoli e secretários. Na ocasião, o deputado Jorge Pozzobom, em parceria com o reitor, defendeu que a empresa pública gestora do Hospital Universitário seja confirmada como administradora também do Hospital Regional.

Para saber mais sobre a reunião e também outro pleito de Pozzobom junto ao governador, confira o material distribuído pela assessoria de imprensa do parlamentar tucano. O texto é de Thiago Buzatto, com foto de Roni Riet. A seguir:

Em reunião com Sartori, Pozzobom e Burmann defendem que Ebserh administre Hospital Regional – Reitor também manifestou apoio a projeto do deputado que cria Microrregião Central

O líder da Bancada do PSDB, deputado Jorge Pozzobom, acompanhou o governador José Ivo Sartori em reunião com o reitor da UFSM, Paulo Burmann, ocorrido na tarde desta terça-feira (31), na Reitoria da instituição. No encontro, Sartori ouviu do parlamentar e do reitor os argumentos em favor da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) para administrar o Hospital Regional.

Pozzobom ressaltou que, devido a grave situação econômica enfrentada pelo Estado, optar pela Ebserh é a única maneira de garantir a abertura da instituição e sua manutenção. “Sem sombra de dúvidas, o Hospital Regional é de extrema importância para Santa Maria e toda a Região Centro. Com a Ebserh na administração, serão contratados imediatamente 1,2 mil servidores, e isto significa investimento de R$ 80 milhões que não sairão dos cofres do Estado. Além disto, a Empresa também irá bancar os altos custos de manutenção do nosso Hospital Regional”, afirmou.

Na ocasião, o reitor ainda pediu empenho ao governador para que apoie o projeto de lei complementar de autoria de Pozzobom que cria a Microrregião Central do RS. Burmann classificou a proposta como “muito importante para a expansão da UFSM na nossa região, como por exemplo ocorreu em Silveira Martins”.

De acordo com o PLC de Pozzobom, além de Santa Maria compõem a Microrregião Central outros 19 municípios da região: Agudo, Dilermando de Aguiar, Dona Francisca, Faxinal do Soturno, Formigueiro, Itaara, Ivorá, Jari, Júlio de Castilhos, Nova Palma, Pinhal Grande, Quevedos, Restinga Seca, São João do Polêsine, São Martinho da Serra, São Pedro do Sul, Silveira Martins, Toropi e Tupanciretã. Este projeto, de acordo com o deputado do PSDB, visa estimular o desenvolvimento integrado da região através de programas regionais de interesse comum, com a participação colegiada das Prefeituras, das Câmaras de Vereadores, da comunidade e do Estado.

Também participaram da reunião o vice-governador, José Paulo Cairoli e os secretários da Fazenda, Giovani Feltes, e de Comunicação, Cleber Benvegnú.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo