EstadoEstradasSanta Maria

FAIXA VELHA. Grupo de Trabalho do Daer pode fazer mudanças no projeto. Obra seria retomada em maio

Faixa Velha para Camobi: obra paralisada e promessa de retomada até o próximo mês
Faixa Velha para Camobi: obra paralisada e promessa de retomada até o próximo mês

Paralisada, a obra de duplicação dos pouco mais de 4 km ainda restantes da Faixa Velha para Camobi, a RS 509, poderá ser retomada até o final deste mês ou, mais provavelmente, em maio. É o que garantiu à Prefeitura a direção do DAER, Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem – que, por sinal, teve seu novo superintendente regional definido: Julio Oscar Huber.

O que não se sabe, porém, é se o projeto inicial será mantido. Um grupo de trabalho foi formado na autarquia, exatamente para rever o que se estava fazendo. Seja para confirmar, e portanto continuar tudo como está, ou para mudar. A possibilidade é real e há quem garanta, inclusive, que entre o que se cogitaria acabar seria o próprio viaduto previsto para o bairro São José, e que é contestado por setores da comunidade.

De outro lado, um dos pontos da rodovia estaria causando problemas a pelo menos uma empresa, que, como disse fonte do editor, poderia ter o prédio ameaçado, se tudo continuar como está.

A única coisa, digamos, positiva em tudo isso é a promessa de retomada das obras, qualquer que seja a decisão do Grupo de Trabalho, tão breve quanto possível, já que essa análise tem data para terminar: o final de abril.

Aguardemos!

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo