Santa MariaTragédia

KISS. Esquecer? Jamais! 27 meses lembrados com vigília durante o dia e ato ecumênico agora há pouco

kiss seloDurante todo o dia, familiares de vítimas e sobreviventes da tragédia que matou 242 meninos e meninas em decorrência do incêndio na boate Kiss se revezaram em vigília na Tenda que os abriga na Praça Saldanha Marinho.

A lembrança, com os habituais momentos de “barulho” e a sempre presente luta por Justiça, marcou os 27 meses decorridos desde o 27 de janeiro de 2013 e as atividades encerraram com ato ecumênico na Catedral do Mediador. A seguir, o registro feito pelo G1, o portal de notícias das Organizações Globo. Acompanhe:

Missa em Santa Maria lembra as vítimas da tragédia na boate Kiss

Uma missa ecumênica na Catedral do Mediador lembrou na noite desta segunda-feira (27) os dois anos e três meses da tragédia na boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. O incêndio na casa noturna em 27 de janeiro de 2013 deixou 242 mortos.

Durante o dia, familiares das vítimas também organizaram uma vigília na tenda da associação montada na Praça Saldanha Marinho. Cartazes pedindo justiça foram colados no prédio onde funcionava a casa noturna.

Entenda
O incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, ocorreu na madrugada do dia 27 de janeiro de 2013. A tragédia matou 242 pessoas, sendo a maioria por asfixia, e deixou mais de 630 feridos. O fogo teve início durante uma apresentação da banda Gurizada Fandangueira e se espalhou rapidamente pela casa noturna, localizada na Rua dos Andradas, 1.925…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo