AssembleiaCidadaniaCongressoEconomiaEducaçãoNegóciosPolíticaPrefeituraRegiãoTrabalho

LUNETA ELETRÔNICA. Mercado de ‘0 km’, servidores de escolas, microrregião, racismo, Educação Fiscal…

luneta veículos* Uma interessante recuperação aconteceu em março, no mercado de carros (automóveis e comerciais leves) “Zero Quilômetro” em Santa Maria.

* Ainda que o número não seja lá tããão expressivo, o fato é que no mês passado, em relação a igual período de 2014: foram 461 unidades emplacadas agora, contra as 453 no ano passado.

* Também se notou um crescimento sensível de um mês para outro, conforme os dados disponibilizados pelo Registro Nacional de Veículos Automotores, o Renavam.

* Afinal, foram apenas 307 carros emplacados em fevereiro, conforme os dados oficiais, se concretizando um crescimento, decorrido um mês, de 35%. O que pode ser promissor, e os empresários do setor mostram otimismo com cautela.

* Ah, e no primeiro trimestre do ano, na comparação com idêntico período de 2014, ainda há uma queda, mas ela diminuiu.

* Foram 1.432 entre janeiro e março do ano passado, e agora houve 1203 emplacamentos – com destaque para um parceiro do sítio, a Superauto, revenda Ford, como você pode verificar na imagem acima.

* O líder da Bancada do PSDB na Assembleia Legislativa, Jorge Pozzobom, protocolou o Projeto de Lei Complementar que cria a Microrregião Central.

* De acordo com a proposta, para a qual o tucano pediu o apoio do governador José Ivo Sartori ainda na segunda-feira, quando em AUDIÊNCIA com o reitor da UFSM Paulo Burmam, além de Santa Maria farão parte outros 19 municípios.

* O objetivo é estimular o desenvolvimento integrado via programas de interesse comum, com a participação colegiada das Prefeituras, das Câmaras, comunidades e do Estado.

* Segundo Pozzobom, a criação da Microrregião Central abre a possibilidade de adoção de providências conjuntas pelos municípios que a constituem frente à União, ao Estado, como também perante as Agências Internacionais e Programas de Desenvolvimento.

A Comissão de Educação da Assembleia recebeu, nesta quarta, requerimento do deputado Valdeci Oliveira (PT) que solicita a realização de uma audiência pública.

* O objetivo específico é discutir a situação do concurso de servidores de escolar, realizado no ano passado e que ainda não teve o seu resultado divulgado, o que era para ter acontecido em 16 de março.

* A data foi mudada para dia 31, porém, nada foi divulgado até agora e a empresa responsável informou que aguarda posição da Secretaria da Educação, disse o deputado.

* Esse procedimento é estranho e duvidoso do ponto de vista legal. Um concurso público não pode ficar sob sigilo”, afirmou Valdeci, que espera ver seu requerimento aprovado na próxima semana.

* Ato de racismo praticado por uma funcionária de loja de roupas na capital paulista teve a reação pública da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados.

* O presidente do Colegiado, Paulo Pimenta, emitiu Nota Pública condenando o ato que vem chocando a sociedade. Para ler o documento, na íntegra, clique AQUI.

* Já estão abertas as abertas as inscrições para o concurso nacional “Luz, Câmera e Educação Fiscal, que já está em sua 2ª edição.

* O certame vai selecionar obras audiovisuais de curta-metragem que versem sobre a disseminação da Educação Fiscal, tendo como objetivo conscientizar o cidadão sobre a função social e econômica dos tributos.

* Os curtas metragens devem ser realizados por estudantes das universidades de todo o país e/ou professores.

* O concurso é uma promoção conjunta da Prefeitura, através das Secretarias de Educação e Finanças, por meio do Programa Municipal de Educação Fiscale Receita Federal. Para saber mais, inclusive sobre as inscrições, clique aqui: www.santamaria.rs..gov.br/educacaofiscal.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo