EconomiaMídiaNegócios

EPA, OPA! Políciais Federais, via “Operação Pavlova”, que apura crimes financeiros, investigam Globo e RBS

Além da Zelotes, a RBS (agora com a Globo) estaria também na operação Pavlova?
Além da Zelotes, a RBS (agora com a Globo) estaria também na operação Pavlova?

Tem a Operação Zelotes, que trata de fraudes com o pagamento de tributos. A RBS é uma das investigadas e nega qualquer irregularidade. Claro que ela é inocente, até prova em contrário. Mas está na lista dos federais. Isso já se sabia, embora poucos veículos da mídia noticiam. A novidade agora é outra, e vem através do jornal Correio do Brasil – que é periférico, considerando os grandões, mas longe está de desimportante. Confira você mesmo, a seguir, a reportagem que o veículo publicou na sua edição desta quarta-feira, dia 29:

Globo e RBS são investigadas em nova operação da PF

A Polícia Federal (PF) levou adiante, nesta quarta-feira, as investigações no âmbito da Operação Pavlova, que apura a prática de crimes financeiros por parte de executivos do Sistema RBS e das Organizações Globo. Os agentes da PF estão em campo, desde o dia 15 deste mês, na busca pelos responsáveis por desvios milionários à empresas do ramo de seguros, capitalização e previdência.

Foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão, sendo oito em Porto Alegre e dois em Marau, além de cinco mandados de condução coercitiva. Participaram da operação 60 policiais federais.

Segundo relatos extraoficiais, foi descoberto em um blog o nome de um integrante da família Sirotsky, a proprietária da RBS, afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Sul. Ainda segundo informações, Patrick Lucchese, integrante da família Sirotsky, foi conduzido coercitivamente pela Polícia Federal para prestar esclarecimentos.

Contratos para prestações de serviços que não eram realizados ultrapassaram cifras de R$ 10 e até de R$ 20 milhões. O delegado de repressão a crimes financeiros, Tiago Busato, admite não ter o montante exato do prejuízo.

– Colhemos, hoje, uma grande quantidade de provas e documentos. Vamos fazer uma análise do conteúdo probatório, mas dá para garantir que alguns contratos envolviam cifras milionárias – adiantou.

Para tentar reverter as perdas, foram bloqueados as contas bancárias e os bens dos investigados, como cinco veículos de luxo, além de imóveis localizados dentro e fora do Rio Grande do Sul. A procuradora federal Patrícia Weber explicou que o patrimônio das empresas do segmento é baseado nos recursos mensais pagos pelos segurados.

– Se o fluxo financeiro das instituições está comprometido, gerando endividamento e situação de falência, quem fica prejudicado é o cliente que não garante o benefício em caso de necessidade. Desse modo, a prática gera uma preocupação social e o segurado é lesado diretamente – afirmou ela.

Os crimes praticados foram lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e gestão fraudulenta. Quatro empresários e um advogado, suspeitos de participarem do esquema, já prestaram depoimento, desse grupo, pelo menos quatro foram indiciados.”

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

3 Comentários

  1. Tem gente que vai ficar sem o Galpão Crioulo. É muito amor pelo JA.

    E matear vendo o Vida e Saúde.

    Já me tiraram o Anônimous Gourmet! Perder o resto não vou aceitar.
    Me nego a acreditar que esta seja uma empresa envolvida em corrupção.
    Sou PATO LEGÍTIMO!!!

  2. Acompanhei as declarações da Procuradora Federal da 4ªRegião, que cuida do caso.
    Já houve depoimentos, bloqueio de contas e indisponibilidade de bens e imóveis de suspeitos, no Brasil e no Exterior.
    O Agente Federal encarregado das investigações disse que:" Os valores envolvidos na fraude são bem expressivos."
    Aguardamos, então.

  3. Aí tu abre a página do jornal e das quatro primeias notícias, três são sobre a Dilma, uma sobre a Zelotea. A quinta é sobre a CUT.
    Pavlova é sobre empresas de seguros. O filho do cirurgião é casado com uma filha de um dos donos da RBS. Afirmar que executivos dos meios de comunicação estão sendo investigados é espichar demais a corda, até prova em contrário.
    E a RBS é aFILIA(L)da da rede Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo