POLÍTICA. Vereador do DEM vai à tribuna e critica o editor do sítio, com dureza. Causa foi coluna n’A Razão

O vereador Manoel Badke, do partido Democratas, fez severas críticas a este editor, por conta da coluna publicada nesta terça-feira, no jornal A Razão. Mais exatamente em relação à nota “Se abrirá a porta para vira-casacas” (reproduzida AQUI). Confira, no relato do noticiário oficial, produzido pela assessoria de imprensa da Câmara, o que disse o demista, na tribuna do parlamento municipal:

“…Manoel Badke (liderança do DEM) repudiou a nota intitulada “Se abrirá porta para vira-casacas”, de autoria do jornalista Claudemir Pereira, publicada na página 6 do jornal A Razão desta terça-feira. Badke informou que o DEM divulgou nota à imprensa, refutando a informação que, de forma equivocada, afirma existir mau convívio entre os vereadores da bancada. “Queremos que esse indivíduo se retrate. No passado, ele também fez insinuações em relação a esse parlamentar”, comentou…”

A opinião do vereador, antes de qualquer coisa, precisa ser respeitada. Assim como todas as opiniões. De todo modo, com certeza, Manoel Badke não é um “indivíduo”, mas um cidadão de conduta pessoal e política inatacável. Quanto à nota aludida pelo vereador, o editor não a recebeu. Quando e se isso acontecer será publicada, com certeza. De todo modo, o que foi publicado no jornal não saiu do nada.

CONFIRA, por exemplo, o que foi PUBLICADO na coluna “Observatório”, no jornal A Razão, em 25 de outubro do ano passado:

A coisa tá feia pelo lado do DEM, na Câmara de Vereadores. Manoel Badke e Dr Tavores Fernandes não podem ser convidados para o mesmo jantar.

A confidência foi feita à coluna por pelo menos outros três edis, que assim explicaram a saída de Badke da direção do Legislativo: não suporta reunião com o colega de sigla.

Com isso, já se tem pelo menos uma definição, acerca da composição da nova Mesa do parlamento. Badke de um lado, Tavores de outro. Quaisquer que sejam.”

QUASE UM mês antes, aqui mesmo, no sítio, na seção “Luneta Eletrônica”, em 29 de setembro, foi PUBLICADO:

* Para quem não sabe, inclusive porque sequer foi noticiado (se foi, ninguém ouviu ou leu, porque não repercutiu) que, na última quinta-feira, o vereador Manoel Badke renunciou ao cargo de secretário da Mesa Diretora.

* Quem assume, já na sessão desta terça, é o Dr Tavores, ficando Paulo Denardin como segundo secretário. Mas a questão é: por que Badke renunciou???”

NENHUMA das duas publicações foi desmentida na época, por qualquer pessoa, fossem as fontes ou os edis. O que faz o editor deduzir que, nesses quase seis meses decorridos, melhoraram as relações internas do DEM. Bom para o DEM. Bom para a política. Bom para as relações civilizadas que devem nortear o exercício da cidadania.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *