Câmara de VereadoresCampoEstradasPrefeituraSanta MariaTransporte

CIDADE. Empreiteira será paga e obra da RS-509 vai reiniciar. E Schirmer confirma a intervenção na saúde

Schirmer (com os vereadores) e o secretário Westphalen: duplicação da RS 509 reinicia
Schirmer (com os vereadores) e o secretário Westphalen: duplicação da RS 509 reinicia

Foram dois dias na capital do Estado. Uma agenda comprida do prefeito Cezar Schirmer. O detalhamento do que o comandante do Palacete da SUCV fez em Porto Alegre chega através da assessoria de imprensa da Prefeitura.

No ponto de vista do editor, dois são os destaques maiores. Um é a promessa de pagamento para a empreiteira que toca a obra da duplicação da RS 509, a Faixa Velha para Camobi. Outro é a confirmação da informação, antecipada na noite de anteontem por A Razão (e REPRODUZIDA aqui), da intervenção do Governo do Estado na Coordenadoria Regional de Saúde, por conta dos graves problemas enfrentados pela comuna. Confira, a seguir, o material assinado por Luiz Otávio Prates (texto) e Felipe Pires (foto):

Prefeito retorna de Porto Alegre, nesta quarta, com novidades nas áreas de infraestrutura, saúde e agricultura

O prefeito Cezar Schirmer cumpriu uma extensa agenda junto a órgãos vinculados ao Governo do Estado, em Porto Alegre, nesta quarta-feira (15). E, nesta noite, o chefe do Executivo retorna para Santa Maria com importantes notícias. Entre elas, a retomada das obras de duplicação da Rodovia RS-509, a intervenção da Secretaria de Estado da Saúde para averiguar a situação local e discutir ações na área da saúde e a possibilidade de dar continuidade ao Pátio Rural.

O primeiro compromisso do chefe do Executivo na Capital Gaúcha foi junto à Secretaria de Estado da Saúde. Na oportunidade, Schirmer detalhou a situação da saúde no município e os reflexos causados na região. “Tendo em vista a situação que estamos vivenciando e as pressões feitas pela prefeitura, vamos promover uma reunião com os técnicos da Secretaria de Estado da Saúde, na próxima semana”, salientou.

A situação referida pelo prefeito diz respeito às dívidas do Governo do Estado à prefeitura na área da saúde, em Santa Maria, e a falta de leitos para o Sistema Único de Saúde (SUS). “O atraso nos repasses de recursos para os programas de saúde, de responsabilidade do Estado, estão fazendo com que a prefeitura arque com estes valores. Desta forma, estamos tirando de outras áreas para custear a quota do Estado na UPA, SAMU, entre outros serviços”, salientou o prefeito.

Outro compromisso de Schirmer na Capital foi junto ao Departamento Autônomo de Estradas e Rodovias (DAER) e à Secretaria de Estado de Transportes para cobrar questões relativas às obras da RS-509. “Desde 2014 a empreiteira responsável pela duplicação da RS-509 não recebe os recursos. Isto tende a uma paralisação total da obra. O secretário Pedro Westphalen informou que a empresa será paga nos próximos dias para que a obra possa ser retomada”, explicou.

De acordo com o chefe do Executivo, o secretário Pedro Westphalen garantiu que, por decisão do governador José Ivo Sartori, a obra é prioritária para o Governo do Estado. Os vereadores santa-marienses Anita Costa Beber e João Kaus ainda acompanharam o chefe do Executivo na audiência. E, na oportunidade, trataram sobre a iluminação do canteiro central da RS-509…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Aquela obra que poderia ficar pronta em um ano e tinha uma comissão de fiscalização? A comissão vai se reunir de novo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo