Câmara de VereadoresEducaçãoEstadoPartidosPolíticaPrefeituraSegurançaTrabalhoUFSM

LUNETA ELETRÔNICA. Funcionalismo, Câmara, Saturnino, Marchezan, rua asfaltada e promessa…

* Depois de um período de relativa calma, inclusive com a quitação antecipada do salário atrasado, os servidores estaduais mantém a mobilização agendada.

* Está convocada para esta terça, dia 18, uma grande assembleia geral. Será realizada a partir da 1 da tarde, no Largo Glenio Peres, na capital. Todas as categorias devem estar presentes. O objetivo não é apenas evitar parcelamentos salariais, mas garantir aumentos já previstos em lei e futuros reajustes.

* Lideranças das categorias, especialmente nas áreas de segurança pública, educação e saúde admitem ser grande a possibilidade de uma greve geral. A conferir.

* A Câmara de Vereadores aprovou, na última quinta-feira, em sessão extraordinária, o Plano Municipal de Educação. Foi tão pacifico quando (quase) escondido, o que gerou críticas de setores que gostariam de emplacar emendas sequer avaliadas.

* Aparentemente, o Legislativo quer fugir de confusões. Desenhando: nada de debates muito acalorados e galerias cheias. Na primeira chence, funcionou. Mas…

* Terminou a semana “terrível”, como disse alguém. Isto é, acabou a aglomeração intensa na Saturnino de Brito. Afora a esculhambação (não necessariamente culpa dos estudantes), o final não poderia ser mais trágico: assassinato filmado por câmera da Guarda Municipal, na madrugada de sábado.

* Agora, as autoridades ganham mais seis meses sem tratar do assunto. Que só voltará em março, com direito a reuniões extraordinárias em meio à semana dos calouros 2016.

Marchezan Jr: apoio ao impeachment, debate e emendas parlamentares (foto Deivid Dutra/A Razão)
Marchezan Jr: apoio ao impeachment, debate e emendas parlamentares (foto Deivid Dutra/A Razão)

* Se há um partido alinhado com a tese do golpe (ops, impeachment), para mudar o resultado eleitoral depois de acontecido, este é o PSDB. Alguma dúvida? Basta conferir a opinião de seus dirigentes, do nacional Aécio Neves ao estadual Nelson Marchezan Júnior.

* Por sinal, Marchezan esteve em Santa Maria na sexta-feira. Além de declarações pró-deposição da vencedora da eleição presidencial, também fez pelo menos duas visitas importantes.

* Uma delas foi à UFSM, onde papeou com o reitor Paulo Burmann e se dispôs a atuar numa frente em defesa das Universidades. Outra foi no Palacete da SUCV, onde informou ao prefeito Cezar Schirmer da  destinação, da sua cota de emendas parlamentares, de R$ 450 mil para Santa Maria.

* Marchezan, que teve apoio menos que institucional dos dirigentes tucanos da cidade, também participou de debate sobre o projeto de Terceirização, no Diretório Livre do Direito da UFSM.

* Todo o alto comando da administração municipal esteve sábado na rua Luiz Tombesi, no Bairro João Goulart. Foi no ato de inauguração da nova pavimentação, antes com pedras irregulares, no trecho entre as ruas Euclides da Cunha e Gentil Maciel.

Schirmer anunciou também novas obras que interligarão as regiões Norte e Sul (foto João Alves/AIPM)
Schirmer anunciou também obras que interligarão as regiões Norte e Sul (foto João Alves/AIPM)

* O custo da obra, iniciada em 1º de julho, foi pouco mais de R$ 263 mil. O troco é proveniente de emenda parlamentar do deputado federal Afonso Hamm, com contrapartida da Prefeitura.

* Afora os discursos protocolares, a inauguração (detalhes AQUI, no material da Assessoria de Imprensa da Prefeitura) da obra, gerida pela secretaria de Infraestrutura, administrada por Tubias Calil, trouxe pelo menos uma novidade.

* No caso, o anúncio feito pelo prefeito Cezar Schirmer, de que aquela Região receberá novos investimentos, que interligarão as regiões Norte e Sul.

* Especificou o comandante do Palacete da SUCV., que a obra vai usar a rua Alfredo Preigschadt para cortar pela Avenida Nossa Senhora Medianeira um acesso à rua Agostinho Sangói, também asfaltada por sua gestão: “Vamos fazer, são melhorias importantes”, disse Schirmer.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Não tem grana, greve geral, corta-se o ponto e paga-se outras contas. O Gringo agradece a justificativa.
    Tucanos alinhados com a tese do golpe é mais uma petice. Alteração do calendário eleitoral beneficiaria Aécio porque está bem nas pesquisas. Não é o caso de Alckmin, outro pré-candidato.
    Petice dupla porque, embora não haja motivo para impeachment, caso apareça um vão berrar que é golpe do mesmo jeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo