Política

IMPRESSA. Na coluna desta sexta, o futuro político do radialista Paulo Sidinei e o silêncio de Fátima Schirmer

Você confere a seguir, na íntegra, a coluna do editor do sítio (nesta edição, produzida pelo interino José Mauro Batista), publicada nesta sexta-feira, 19 de fevereiro, no jornal A Razão:

Mais longe da política

Campeão de votos para a Câmara nas eleições de 1996, o radialista Paulo Sidinei Schmidt não pretende retornar ao Legislativo Municipal. O ex-vereador, que atuou por dois mandatos, continua filiado ao PP e um dos motivos de sua desilusão com a política é o fato de nunca mais ter sido procurado pela sigla nos últimos anos. Atualmente, o Leão do Rádio cursa Direito e só pensa no canudo para advogar. Além disso, lá se vão 16 anos da primeira eleição. E isso também pesa na decisão de não concorrer.

O TEMPO NÃO PARA
O tempo vai apertando o cerco a partidos e pré-candidatos. A janela para quem tem mandato trocar de sigla está aberta e vai chegando a hora da afirmação das candidaturas e da escolha dos vices. Embora as convenções oficiais só ocorram em junho, até o início de maio muita coisa deverá estar costurada. São apenas 60 dias. E passa rápido.

FÁTIMA NÃO FALA
Perguntada pela coluna sobre eventual renúncia do prefeito Cezar Schirmer para assumir vaga no Tribunal de Contas, a primeira-dama Fátima Schirmer prefere não comentar. É óbvio e natural que as primeiras pessoas que Schirmer consultará, caso seja indicado, serão Fátima e as filhas. Aliás, ele vai festejar 64 anos na terça, em Porto Alegre. Com a família.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

4 Comentários

  1. É verdade Rose; também gostaria de saber por onde anda o Claudio Rosa? Se bem que parece que ele anda brigado com o pessoal do PMDB; bom, pelo menos este é o boato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo