Destaque

CRÔNICA. A Feira é dos livros. Mas pode-se ir bem além disso – o que uma passagem distraída comprova

atilio feira 1Por ATÍLIO ALENCAR (texto e fotos)

Nem só de livros é composta a paisagem da Feira do Livro. Durante as cerca de duas semanas em que a Praça Saldanha Marinho é ocupada pelas dezenas de stands livreiros, também é possível topar com intervenções artísticas as mais diversas. Narrativas orais, teatro e música são parte do cardápio diário da feira, que mobiliza milhares de pessoas de todas as idades pelas calçadas da cidade de letras improvisada na praça central de Santa Maria.

atílio feira verticalUm dos momentos que se destacaram nessa primeira semana de programação foi a apresentação do espetáculo “A Graça da Garça sem Graça”, do grupo Teatro VagaMundo. Depois de longos anos focado na arte da palhaçaria, o VagaMundo experimenta uma nuance criativa em direção ao teatro infantil (tendência já expressa nos trabalhos clownescos do grupo, que no entanto foram concebidos sem pensar especificamente no público infantil).

No palco, os atores Daniel Lucas e Júlia Zulke, sob direção da Gabriela Amado, encenam uma jornada lúdica de auto-conhecimento em que o menino Dudu se vê às voltas com o seu “passáro da alma”, espécie de gênio interior que tenta despertar a consciência ética no pequeno peralta.

atílio feira 2Fica evidente, além da sutileza do espetáculo ao abordar aspectos da formação da personalidade da criança, o cuidado minucioso com a apresentação de figurinos e cenário. Não só as crianças ficaram hipnotizadas pelas cores e pela expressividade cênica da dupla. É fácil notar entre os adultos passantes um súbito interesse pela combinação fabulosa que envolve um menino e uma menina interagindo nos limites da curiosidade infantil, sob um fundo de cores vibrantes como as figuras de um livro infantil.

Há um certo dito da sabedoria popular que afirma que as melhores coisas da vida costumam se manifestar de passagem. A levar esse ensinamento ao pé da letra, poderia-se recomendar o passeio distraído pela feira como um bom antídoto para a monotonia.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo