EDUCAÇAO. Mantida ocupação docente na 8ª CRE

EDUCAÇAO. Mantida ocupação docente na 8ª CRE

EDUCAÇAO. Mantida ocupação docente na 8ª CRE - maiquel-3

Reunião realizada na noite desta sexta decidiu pela permanência dos professores em greve que ocupam a Coordenadoria de Educação

Por MAIQUEL ROSAURO (texto e foto), da Assessoria de Imprensa do CPERS/SM

Os professores estaduais seguem mobilizados na sede da 8ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), em Santa Maria. Em reunião realizada na noite desta sexta-feira (17), o Comando de Greve do 2º Núcleo do CPERS/Sindicato decidiu pela permanência no local.

“A ocupação da 8ª CRE é um símbolo da resistência dos trabalhadores em educação frente ao governo”, afirma o vice-diretor do 2º Núcleo, Dartagnan Agostini.

Os professores entendem que houve avanço nas negociações, uma vez que o governo do Estado assumiu o compromisso de revogar a portaria do Difícil Acesso e não descontar os dias de greve dos professores e funcionários de escola. Tal conquista só foi possível devido à pressão da categoria com as ocupações nas escolas, coordenadorias e no Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF), em Porto Alegre.

Entretanto, como a pauta da categoria é longa, os educadores entendem que é preciso manter a mobilização, uma vez que a proposta do governo do Estado não contempla toda a pauta de reivindicações. O Comando de Greve exige que o governo apresente um calendário para o pagamento do Piso Salarial e dos reajustes de 13,01% (2015) e 11,36% (2016), além de apresentar proposta para repor a defasagem de 69,44%.

Neste sábado (18), às 15h, o Comando de Greve do 2º Núcleo volta a se reunir na 8ª CRE para discutir o planejamento para a próxima semana. Assembleia regional, visitas às escolas e atos públicos estarão na pauta.

A greve dos professores estaduais foi aprovada em assembleia do CPERS em 13 de maio e não tem data para ser encerrada. Em Santa Maria, dezenas de escolas estão paralisadas. Além disso, Cilon Rosa, Augusto Ruschi, Margarida Lopes, Olavo Bilac, Maria Rocha e Manoel Ribas (Maneco) seguem ocupadas pelos alunos na cidade. Em Silveira Martins, a Escola Bom Conselho, também está ocupada pelos estudantes.

LEIA TAMBÉM:

EDUCAÇÃO. Cinco dias depois, professores estaduais em greve deixam o prédio do Centro Administrativo”, do jornal eletrônico SUL21 (AQUI)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *