EducaçãoEstadoTrabalho

GREVE. Líderes magistério estadual decidem visitar escolas da cidade e região para mobilizar a categoria

Novas atividades, inclusive a manutenção de um piquete no viaduto Evandro Behr, foram decididas em reunião do comando de greve
Novas atividades, inclusive a manutenção de um piquete no viaduto Evandro Behr, foram decididas em reunião do comando de greve

Por MAIQUEL ROSAURO (texto e foto), da Assessoria de Imprensa do CPERS/SM

O magistério gaúcho não desistiu de ter suas reivindicações atendidas pelo governo do Estado. Com a continuidade da greve, decidida na assembleia da última sexta, em Porto Alegre, novas ações estão previstas para esta semana. Em reunião realizada nesta segunda, o Comando de Greve do 2º Núcleo do CPERS traçou os novos atos que serão realizados.

– Iremos realizar visitas nas escolas de Santa Maria e também no interior, em cidades como, por exemplo, Dilermando de Aguiar e São Pedro do Sul. Nosso intuito é manter a categoria unida – explica o diretor de mobilização do 2º Núcleo, Rafael Torres.

No Centro de Santa Maria os educadores também irão continuar com o piquete no Viaduto Evandro Behr. O objetivo é dar maior visibilidade para a luta da categoria, interagir com a população e também ser um ponto de encontro dos grevistas.

O magistério gaúcho está em greve desde o dia 13 de maio. Já foram realizadas quatro reuniões com o governo, e uma audiência de conciliação no Foro Central de Porto Alegre, sem que fosse apresentada uma proposta que contemplasse as reivindicações da categoria. Mesmo após a ocupação do CAFF, na Capital, e da 8ª CRE, em Santa Maria, o Estado apenas acenou com promessas, nada de garantias. Além disso, ao saber da continuidade de greve, o governo ameaçou cortar do ponto dos educadores.

– Continuamos em greve porque lutamos por uma proposta de reajuste salarial. Também reivindicamos a retirada do PL 44 da pauta de votação da Assembleia Legislativa, pois não podemos deixar o governo privatizar a educação – avalia a diretora do 2º Núcleo, Sandra Regio.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo