Claudemir PereiraPolíticaVideonota

VÍDEONOTA. Alianças mostram uma identidade raras vezes vista. Que a campanha seja sem nhenhenhém!!!

vídeonotaO editor, pessoalmente ou representado, esteve em todas as convenções realizadas desde a última quinta-feira. Numa delas, na manhã deste domingo, gravou (com a participação importante do amigo Alvaro Rochedo) a vídeonota desta semana. Que traz, objetivamente, uma mudança em relação a pleitos anteriores, no que toca à formação das alianças.

Elas fazem sentido. Como assim? E o que isso pode significar para a campanha? Afinal, está tudo mesmo no seu devido lugar?

PARA SABER O QUE PENSO, CONFIRA A VÍDEONOTA DESTA SEMANA: AQUI

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Vamos ver se a campanha vai ser no genérico, “vamos melhorar o trânsito, a educação e a saúde” ou vão apresentar propostas concretas que possam ser cobradas e fiscalizadas. Que vai ser do abastecimento de água, da coleta de lixo, da iluminação pública, dos cemitérios. Ficar discutindo ideologias é um passo para o 171. Até porque não é nesta instância que se resolvem certos problemas.

  2. Ideologia ao menos na aparência. Fabiano Pereira mudou de ideologia em menos de um ano? Tem mais gente no PT descontente? O Fort que iria ser vice não concorre nem à CV? O partido que em 1980 no seu manifesto dizia que seria um partido dos trabalhadores e não para iludir os mesmos. Alás, Partido dos Trabalhadores está mais para um PMDB à esquerda do que outra coisa, vai do sindicalismo ao comunismo disfarçado. Reuniu-se com o PCdoB que é basicamente “etapista”, quer uma revolução nacionalista e “democrática” para encaminhar o socialismo.
    PSB que em seu manifesto afirma: “O objetivo do Partido, no terreno econômico e a transformação da estrutura da sociedade, incluída a gradual e progressiva socialização dos meios de produção […]”, está coligado com o PMDB. Que sempre foi um balaio de gatos. Com méritos, mas um balaio de gatos.
    Se a análise for feita para cada chapa, dá para encontrar “senões”. Até quando falam em MR8, trata-se do primeiro ou do segundo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo