CampanhaEleições 2016

CAMPANHA. Fora do debate da RBS, o protesto dos pequenos, que realizam o seu próprio, via Feicebuqui

debate pfl psolDa Secretaria de Comunicação do PSOL/Santa Maria

As candidaturas do PSol e do PPL que concorrem à Prefeitura, além de dezenas de militantes,  se reuniram, no começo desta noite, em frente à sede do Grupo RBS em Santa Maria para questionar a emissora e as candidaturas a respeito de três candidaturas não terem sido convidadas para o debate promovido pela emissora nesta noite.

Alcir Martins e Werner Rempel (ambos na foto acima) interpelaram as outras candidaturas para que elas declarassem repúdio à medida antidemocrática do maior grupo de comunicação do sul do país. Houve, por alguns momentos, o bloqueio do portão que dá acesso aos estúdios da emissora.

Apenas o candidato Marcelo Bisogno, do PDT, declarou apoio à reivindicação dos dois partidos. As outras candidaturas – de Fabiano Pereira, Jorge Pozzobon, Valdeci Oliveira e Jader Maretoli – entraram sem atender às solicitações de Alcir e Werner.

PSol e PPL promovem, a partir deste momento, um debate paralelo ao da RBS via Facebook. Acesse o debate a partir da página de Alcir Martins: https://www.facebook.com/epermitidosonhar/

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Protestar é da lei. Bloquear o portão já é demais.
    Debate paralelo é válido, já está com quase 7 mil visualizações. Mais importante, se os recursos são escassos é necessário criar alternativas. Quem quer ser prefeito da aldeia não pode ficar parado “chorando as pitangas”, tem que se virar.

  2. É só o que fazem: protestar. E como são bons, nisso. Bons, não, são craques.

    E em mais nada. Se fossem eleitos, olhariam uns para os outros e diriam: “e agora, nunca fizemos outra coisa na vida além de protestar, quem nos salvará?” O Chapolim Colorado, of course.

    Aliás, antidemocracia é não seguir a lei. E como adoram estar cima da lei essa gente. Para isso, apelem para o Lewandowski e o Renan, esses conhecem o caminho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo