EconomiaNegóciosSanta Maria

ECONOMIA. Polo de Defesa de Santa Maria participa, em Brasília, da “Mostra da Base Industrial de Defesa”

Por MARIELLE FLÔRES, da Assessoria de Comunicação da Adesm

Inicia nesta terça-feira, 27, a 4ª edição da Mostra da Base Industrial de Defesa do Brasil. O evento, que acontece até dia 29 no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, busca promover o contato direto entre os empresários brasileiros e os Adidos Militares estrangeiros, membros diplomáticos e das forças armadas internacionais.

Neste ano, o Arranjo Produtivo Local (APL) Polo de Defesa de Santa Maria participará com um estande coletivo junto a duas empresas santa-marienses componentes do cluster: a Defii Ateliê de Software e a Redomus. O Gestor Executivo do APL, Diogo De Gregori, também participará do evento e destaca a oportunidade de divulgar as potencialidades de Santa Maria que já é uma referência no setor de defesa:

– A participação nestes eventos tem nos possibilitado o fortalecimento e a consolidação como um Polo de Defesa. Dessas feiras e encontros podem surgir novos mercados e contatos que favoreçam o crescimento e desenvolvimento, especialmente, das empresas integrantes do cluster.

4ª Mostra BID

Instalada em um pavilhão com uma área de 4.746 m² apenas para receber os estandes, salas de reunião e auditório, conta ainda com uma parte externa para exposição de viaturas e equipamentos e um espaço para demonstração de produtos no qual poderão ser observados voos de aeronaves não tripuladas e movimentação de veículos.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

3 Comentários

  1. Plano estratégico feito em 2013 será entregue em muitas eleições, 3000 exemplares sem atualizar.
    Daqui dois anos entregaram novamente para candidatos a deputados.
    Revisões a cada ano e pararam de atualizar informações no site.
    Fica o impresso em 2013. Enquanto isto foco na defesa.

  2. ADESM é para ingles ver. Plano Estratégico de Desenvolvimento da cidade é capenga, tem objetivos, mas não tem metas e nem métrica para avaliar o progresso. Não tem análise das fraquezas, nem de alternativas. Se alguém olhar o item “saneamento” vai ver que não existe opção sem Corsan.
    Das duas empresas participantes, uma tem só tres anos de existencia e a outra trabalha com segurança de condomínios principalmente.
    Area de defesa depende muito de orçamento federal. Quando ocorrem problemas é a primeira a sofrer cortes.
    Na outra semana surgiu o boato que a Embraer estaria vendendo a divisão de defesa. Motivo: está deficitária, levou calote do governo.
    Avibrás andou demitindo no começo do mes e funcionários estavam em greve. Helibras não se fala, só o nome é brasileiro, subsidiária da Airbus. Odebrecht Tecnologia e Defesa, não precisa falar muito no futuro da empresa.
    Conclusão: tudo isto, com arranjo produtico local incluído, é tosa de porco.

  3. A ADEMS e o De Gregori trabalham só por este Pólo de Defesa. Os demais assuntos estão parados na ADESM.
    Por que? Ahh eu sei. O DE de ADESM é só DEFESA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo