Artigos

As más companhias – por Maiquel Rosauro

Antes do pleito de 2 de outubro, recebemos a visita da tia Zica. É claro que Zica não é nome dela. Aliás, eu a conheço a vida toda e nem lembro seu nome… Mas trata-se de uma velhinha adorável que usa óculos gigantescos.

Tia Zica tem 82 anos e mora em Porto Alegre. Ela é fã declarada de Nelson Marchezan (PSDB), o qual considera bonitão, e estava preocupadíssima com a possibilidade dele não ir para o segundo turno.

Mas o tucano chegou lá e aposto que hoje a tia deve estar fazendo campanha entre suas amigas octogenárias (embora eu ache que nem todas tenham disposição para votar).

Enquanto esteve em Santa Maria, um dia ela assistiu à nossa propaganda eleitoral gratuita. Quem chamou sua atenção foi Fabiano Pereira (PSB), que segundo ela explicava as coisas muito bem, mas seu problema eram as más companhias. Ela disse não ter gostado de sua vice, Magali Marques da Rocha (PMDB).

Bom, se você leu até aqui, tem que concordar comigo, que as ideias da tia Zica não têm cabimento. Onde já se viu votar em alguém pela sua aparência?

Mas quanto ao Fabiano, ela não deixa de ter um pouco de razão. Unindo-se ao PMDB, o ex-petista tornou-se o candidato do governo e herdou todos os problemas da cidade. Viram só, más companhias… os antigos nunca se enganam.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo