AssembleiaCâmara de VereadoresEducaçãoEstradasPolíticaPrefeituraTrabalhoTransporte

LUNETA ELETRÔNICA. Tarifa urbana, reajuste para o funcionalismo, união antipedágio, o balaio de projetos

* Com o decreto assinado na última quinta-feira, entre em vigor nesta sexta, dia 21, a nova tarifa urbana do transporte coletivo urbano em Santa Maria.

* A tarifa passa a R$ 3,60, mas até quinta-feira, dia 20, os usuários poderão comprar pelo preço antigo, na Associação de Transportadores Urbanos, que atende até 6 e meia da tarde, na avenida Rio Branco.

* Também há mudança na tarifa de transporte seletivo santa-mariense. O reajuste é de 10%, com o preço passando de R$ 4 para R$ 4,40.

* Uma semana que pode ser de negociações, esta que inicia agora. Se é que o projeto não irá direto para o Legislativo, que tem o poder de decidir. No caso, se trata do reajuste do funcionalismo municipal, que tem a data base em março – o que significa pagamento retroativo do que for aprovado.

* A Prefeitura, segundo o Sindicato dos Professores Municipais, que quer um reajuste de15%, para garantir o piso nacional da categoria, sinalizou para esta segunda o anúncio de sua proposta.

* Ninguém pode garantir. Mas há uma chance razoável de a Assembleia, enfim, começar a votar nesta semana os projetos do interesse do Palácio Piratini. Seja para ganhar ou para perder. Afinal, o que virou inconcebível é a inanição legislativa do Parlamento.

* Com o eventual destrancamento da pauta (clique AQUI para conferir o balaio de projetos à espera de uma definição), um dos primeiros projetos a ser votados é o do Mínimo Regional.

* Os vereadores santa-marienses, como se sabe, têm um punhado de ideias divergentes. O que, aliás, não é ruim. Afinal, a discussão sempre é importante no Legislativo.

* Mas, veja só, há pelo menos um assunto (entre outros, certamente) em que há a unanimidade: ecumenicamente, são todos contra a eventual cobrança de pedágio na RSC 287, que teria uma praça prevista para as proximidades do trevo de acesso à estrada para Silveira Martins (foto acima).

* Tanto que já há gente se mexendo para que, no processo de concessão rodoviária não seja incluído o pedágio ainda dentro dos limites municipais de Santa Maria.

* Outro dia, na capital, trataram do assuntos os vereadores Alexandre Vargas (PRB), João Kaus (PMDB) e Luciano Guerra (PT). Todos acompanhados do deputado petista Valdeci Oliveira. E o grupo planeja procurar o secretário estadual de Transportes, Pedro Westphalen, que é do PP.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo