Economia

REGIÃO. Abatedouro de Lavras do Sul é interditado. Carcaças tinham marcas de marretadas nas cabeças

POR MAIQUEL ROSAURO

Duas pessoas foram presas em flagrante nessa quarta-feira (5), em Lavras do Sul, em um abatedouro da cidade. O empreendimento foi interditado pelo Ministério Público, que encontrou diversas irregularidades. Confira na matéria publicada no site do MP/RS:

Segurança Alimentar: abatedouro é interditado e duas pessoas são presas em Lavras do Sul

Agentes da Força-Tarefa do Programa de Segurança Alimentar inspecionaram o abatedouro em Lavras do Sul. Foto MP/RS / Divulgação

Acusados de abate ilegal de animais, o proprietário do Frigorífico Costa Leonardo Krieger Remedi e a veterinária do município de Lavras do Sul Wanda Berenice Munhoz Martins foram presos em flagrante durante fiscalização dos agentes da força-tarefa do Programa Segurança Alimentar do Ministério Público e encaminhados à Delegacia de Polícia. O abatedouro foi interditado. Carcaças de animais foram encontradas com marcas de marretadas nas cabeças. Um carimbo de inspeção da veterinária foi encontrado no abatedouro sem a médica estar presente.

Os agentes da FT ainda inspecionaram três estabelecimentos comerciais na cidade. Aproximadamente 6,2 toneladas de alimentos foram inutilizadas durante a ação de segurança alimentar. Também passaram pela inspeção ocorrida nesta quarta-feira, 5, o Açougue & Mercearia Costa, o Açougue e Mercearia Querência e a Mercearia Bitencourt.

Participaram da operação o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Segurança Alimentar – (Gaeco), Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, a promotora de Justiça de São Sepé, Bárbara Pinto e Silva, representantes da Vigilância Sanitária Estadual, Vigilância Sanitária Municipal e Secretaria Estadual da Agricultura (Seapi).

Veja abaixo o vídeo da ação:

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo