CULTURA. Vem aí a “11 e ½” edição do SMVC, que revisita grandes sucessos do festival em seus 15 anos

CULTURA. Vem aí a “11 e ½” edição do SMVC, que revisita grandes sucessos do festival em seus 15 anos

Por JAIANA GARCIA (com cartaz/arte de Luciano Ribas), da Assessoria de Imprensa do evento

CULTURA. Vem aí a “11 e ½” edição do SMVC, que revisita grandes sucessos do festival em seus 15 anos - smvcA edição 11 ½ do Santa Maria Vídeo e Cinema (SMVC) está chegando e a programação revisita os grandes sucessos do festival, que completa 15 anos. De 22 a 25 de maio, a cidade volta a ser tomada por aquele clima especial que só o SMVC tem – e quem já participou sabe como é. Na programação, grandes clássicos das mostras nacional, local e de videoclipes.

“Estamos propondo, a partir desta edição, que o SMVC seja cada vez menos competitivo, embora as mostras competitivas aconteçam, a partir do próximo ano. Nosso foco será a discussão sobre cinema, ganhar um prêmio tem de ser consequência. Seguimos buscando e lutando pela democratização e fruição dos filmes”, destaca o coordenador do festival, Luiz Alberto Cassol.

A programação também terá novidades para o público. Na quarta-feira (24), haverá uma homenagem a Edmundo Cardoso, que neste ano completaria 100 anos de vida. O documentário de longa-metragem “Edmundo”, dirigido por Cassol, será exibido às 15h, na Cooperativa dos Estudantes de Santa Maria (Cesma). O artista entusiasta do teatro e do cinema foi o primeiro homenageado local do SMVC.

Ainda na quarta, à noite, será o momento de exibir os filmes e videoclipes que marcaram o festival, entre eles os das bandas Nocet e Fúria, produzidos nas oficinas ministradas por Cristiano Zanella. Os filmes que receberam os prêmios Clayton Coelho de Direitos Humanos e Lanterninha Aurélio também estão na lista de memórias da noite. A curadoria está sendo feita pelo coordenador do SMVC.

Na quinta-feira (25), último dia de exibições, será a vez de assistir o longa-metragem do diretor Paulo Nascimento “Superfície da Sombra”, o primeiro filme que tem a interlíngua portunhol como idioma oficial. O longa foi lançado em abril deste ano com uma sessão na divisa entre Brasil e Uruguai, no Chuí/Chuy. Parte da equipe do filme e o autor do livro homônimo, Tailor Diniz, já confirmaram presença no festival. Neste dia, as atividades serão na Associação dos Professores Universitários de Santa Maria (Apusm).

O encerramento do SMVC ainda terá a entrega do Troféu Vento Norte para os retrospectos local e nacional que serão escolhidos por um júri que ainda é mantido em segredo e será mais uma surpresa para o público. A entrada para todas as atividades é gratuita.

Abaixo a programação completa da edição 11 ½ do SMVC:

SEGUNDA, DIA 22

Filmes que receberam o Troféu Vento Norte de melhor curta-metragem da Mostra Santa Maria e Região nos 15 anos de festival. Na Cesma, às 19h.

2002 – 1º SMVC, Cinzas da História, de Leonardo Roat

2003 – 2º SMVC, A Escola do Mundo, de Pedro Gomes da Rocha

2004 – 3º SMVC, 1969, de Maurício Canterle e Manolo Zanella

2005 – 4º SMVC, Ponto de Vista, de Mariângela Scheffer Cardoso

2006 – 5º SMVC, Vítimas em Nós, de Fabrício Koltermann

2007 – 6º SMVC, Herança, de Carolina Berger

2008 – 7º SMVC, A História de Antemar Manuzo, de Fabrício Koltermann

2009 – 8º SMVC, Detalhe, de Maurício Canterle

2010 – 9º SMVC, Veloz, de Felipe Iop Capeleto e Marcos Borba

2011 – 10º SMVC, Homem Arroz, de Fabrício Koltermann

2013 – 11º SMVC, Qu4tro Mistérios do Rosário, de Marcos Borba

TERÇA, DIA 23

Filmes que receberam o Troféu Vento Norte de melhor curta-metragem da Mostra Nacional nos 15 anos de festival. Na Cesma, às 19h.

2002 – 1º SMVC, Ocorredor (SC), de Loly Menezes e Jano Moskors

2003 – 2º SMVC, As Belas Rosas Estão Presentes (RS), de Maurício Saldanha

2004 – 3º SMVC, Desirella (SP), de Carlos Eduardo Nogueira

2005 – 4º SMVC, O Menino e a Bagaceira (PB), de Lucio Vilar

2006 – 5º SMVC, Uma História Severina (DF), de Debora Diniz e Eliane Brum

2007 – 6º SMVC, O Jumento Santo e a Cidade que se Acabou Antes de Começar (PE), de William Paiva e Leonardo Domingues

2008 – 7º SMVC, Engano (RJ), de Cavi Borges

2009 – 8º SMVC, O Velho Guerreiro Não Morrerá – Cangaceiro de Lima Barreto – 50 Anos Depois (RJ), de Paulo Duarte

2010 – 9º SMVC, Eletrotorpe (SP), de Yuri Amaral e Nalu Béco

2011 – 10º SMVC, República dos Ratos (RS), de Beto Mattos

2013 – 11º SMVC, Depois da Queda (MT), de Bruno Bini

QUARTA, DIA 24

15h – Exibição de “Edmundo” documentário de longa-metragem dirigido por Luiz Alberto Cassol

19h – Exibição de curtas que receberam prêmios especiais durante o festival. Confira os filmes:

“Espectro”, de Lunara Dias e Diego de Godoy – ganhou prêmio de Melhor Curta pelo júri popular em 2003

“Que Letra é Essa?”, de Pedro Gomes da Rocha – ganhou o prêmio de Melhor Curta pelo júri popular em 2004

“Baby Face”, de Vinícius Menezes – ganhou o prêmio de Melhor Curta pelo júri popular em 2006

“Oi Tudo Bom?”, de Rodrigo de Oliveira – ganhou o prêmio de Melhor Curta pelo júri popular em 2007

“A Farsa Seca”, de Fabrício Koltermann – ganhou o prêmio de Melhor Curta pelo júri popular em 2007

“Ponto de Corte”, de Diogo Viedo – ganhou o prêmio de Melhor Curta pelo júri popular em 2009

“No Fundo do Buraco”, de Fabrício Koltermann – ganhou o prêmio de Melhor Curta pelo júri popular em 2010

“Meninice”, de Neli Mombeli e Rafael Rigon – ganhou os prêmios Clayton Renan Coelho de Direitos Humanos e Troféu Cineclube Lanterninha Aurélio em 2011

“El Tufito”, de Marcos Borba – ganhou o prêmio de Melhor Curta pelo júri popular em 2013

Videoclipes das bandas Fúria e Nocet, produzidos nas oficinas de Cristiano Zanella

(*) Outros filmes receberam prêmios nestas categorias, mas já serão exibidos nas mostras especiais de segunda (22), portanto não aparecem nesta lista.

QUINTA, DIA 25

19h, na Apusm – Exibição do longa-metragem “Superfície da Sombra”, de Paulo Nascimento; entrega dos troféus Vento Norte e coquetel de encerramento



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *