FLASH. Despedida na Coordenadoria de Educação

FLASH. Despedida na Coordenadoria de Educação

FLASH. Despedida na Coordenadoria de Educação - simoneAgora há pouco, na 8ª Coordenadoria Regional de Educação, acontecia a despedida da professor Simone Beatriz Rodrigues Rizzato (foto ao lado, de Reprodução). Indicada pelo PDT para o cargo, há mais de um ano, ela ficou ainda mais três meses após a saída do partido da base do Governo Estadual. O atual secretário é Ronald Kromenauer.

Ainda não há informações do governo, mas o substituto de Simone deve ser mesmo José Luiz Eggres, ligado ao PMDB e que já foi diretor de Recursos Humanos da CRE. Havia a tentativa, por parte de grupos peemedebistas, de emplacar o nome de Silvana Guerino, ex-secretária municipal de Educação. Aparentemente, não houve sucesso – mas o editor não tem ainda a confirmação oficial.

Presume-se que o governo dê conta dessa informação ainda hoje.



2 comentários

  1. O Brando

    PDT é uma piada de partido. Anda abraçado com o PT graças ao Carlos Lupi. Para quem não lembra, Lula na época da fundação do partido era altamente anti-getulista, falava que Getúlio tinha “ferrado o trabalhador”, falava em projeto “burguês”. Chamava o trabalhismo de “peleguismo”, usar os sindicatos para benefícios pessoais. Por isto não se acertava com Brizola. Mais ou menos na mesma época que Anthony Garotinho saiu do PT e foi para o PDT. Brizola e Lula acabaram se acertando. Erro do velho caudilho, que também arrebanhou Cesar Maia, que transferiu Paulinho da Força do PTB para o PDT. Alás, PTB é outra piada, desconhece completamente as origens.

  2. Jorge

    Quem não se acerta na política brasileira?

    O Chapolin Colorado, sempre ávido por poder e mais poder, foi o campeão de acertos. Acertou-se, inclusive, com os “famigerados” coronéis nordestinos, aqueles que ele falava tão mal chamando-os de “opressores do povo”. Acertou-se com Sarney, Collor, Maluf e até Antônio Carlos Magalhães. A Globo foi quase uma amante do Lula durante todo esse tempo. Isso não é virtude, isso se chama ânsia de poder, custe o que custar. Aliás, o estatuto do PT diz que o partidário que fizer coligação com pessoas ou partidos que são contrários às diretrizes do PT deve ser expulso do partido. Não se entende porque nunca foi aventada a hipótese de Lula ser expulso, foi quem mais se coligou com gente avessa às diretrizes do PT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *