EducaçãoTrabalhoUFSM

UFSM. Técnicos administrativos param nesta quarta. De manhã, fazem manifestação no prédio da Reitoria

Assembleia da Associação dos Servidores no dia 28 de julho, quando foi aprovada a paralisação dos técnicos administrativos da UFSM

Por FRITZ R. NUNES (com imagem da Assufsm), da Assessoria de Imprensa da Sedufsm

Nesta quarta, 2 de agosto, dia de paralisação dos servidores técnico-administrativos da UFSM, haverá um ato público em defesa da universidade pública, contra os cortes que vêm sendo efetuados pelo governo de Michel Temer. A manifestação está prevista para iniciar a partir das 9h, no hall do prédio da reitoria, no campus de Camobi. A Sedufsm e demais entidades que integram a Frente Combativa em Defesa do Serviço Público participam desse ato.

Conforme o sindicato dos servidores técnico-administrativos da UFSM (Assufsm), que coordena a atividade, está previsto a realização de uma roda de conversa no hall da reitoria tendo como tema “Qual a real situação orçamentária da UFSM?”. O reitor da instituição, professor Paulo Burmann, foi contatado a participar. Além disso, segundo explica a Assufsm, também estará na pauta para o diálogo o recentemente anunciado Programa de Desligamento Voluntário (PDV) do governo federal.

Após esse ato, no mesmo local, deverá ocorrer a reunião das entidades que compõem a Frente Combativa em Defesa do Serviço Público.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Reparem a representatividade. “Sempre na luta, vermelhinhos. Na luta!!” E agora uma novidade, no “combate”, leiam o texto. Não sei que guerra é essa. Só sabemos que tem um lado que sempre perde, é a sociedade que paga a conta. Como seria bom acabar com a estabilidade e descontar os dias parados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo