Tragédia

KISS. Pai de vítima da tragédia recebe cobrança de custas processuais de ação movida por promotor

Por Luiz Roese / Assessor de imprensa da AVTSM

No mês que passou, o presidente do Movimento Santa Maria Do Luto à Luta, Flávio José da Silva, recebeu uma intimação da Justiça para pagar R$ 43,29 de custas processuais de uma ação cível movida pelo promotor Ricardo Lozza. O processo é contra o movimento. Em antecipação de tutela confirmada na decisão final por não haver fatos novos, o juiz Carlos Alberto Ely Fonseca, da 3ª Vara Cível de Santa Maria, determinou o recolhimento de todas as faixas e cartazes vinculados à imagem do promotor que tenham sido distribuídos pela cidade de Santa Maria – decisão que foi cumprida –, bem como para que os integrantes do movimento se abstivessem de realizar qualquer manifestação semelhante.

Em função desse processo, o movimento tem de pagar um total de R$ 1200 referentes a custas processuais e honorários advocatícios.

Em outro processo, os pais de vítimas Flávio José da Silva, vice-presidente da Associação de Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), e Sergio da Silva, presidente da AVTSM, são acusados de calúnia pelo promotor Ricardo Lozza. A ação tramita na 4ª Vara Criminal de Santa Maria,

No processo, Flávio requereu a chamada “exceção da verdade”. Defendido pelo advogado Pedro Barcellos Jr, ele tentava provar que não caluniou o promotor e que falou a verdade, ao dizer que o Ministério Público sabia que a Boate Kiss funcionava em situação irregular. Esse incidente processual foi rejeitado pelo Órgão Especial do Tribunal Pleno, do Tribunal de Justiça do Estado (TJ/RS), em Porto Alegre.

Flávio é pai de Andrielle, que morreu na tragédia aos 22 anos. Se o TJ/RS considerasse que Flávio não mentiu, o processo principal por calúnia deixaria de ter sentido na 4ª Vara Criminal de Santa Maria. Como a “exceção da verdade” foi rejeitada, a ação por calúnia seguirá normalmente em Santa Maria.

Confira AQUI a sentença do juiz Carlos Alberto Ely Fontela contra o Movimento Santa Maria Do Luto à Luta, de março de 2016.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo