EstadoSegurançaTrabalho

ESTADO. Agentes da Polícia Civil gaúcha em greve a partir de segunda. Só voltam quando todos receberem

Policiais também, entre outras decisões, suspenderam cumprimento de mandados de prisão, busca e apreensão,operações e ações policiais

No portal do CORREIO DO POVO, com informações da Rádio Guaíba e foto de Reprodução/Ugeirm

Agentes da Polícia Civil decidiram, em assembleia, deflagrar uma nova greve a partir da próxima segunda-feira. A decisão foi tomada de forma unânime na reunião da Ugeirm Sindicato, nesta quarta-feira. A nova paralisação ocorre em razão do parcelamento dos salários. Em outubro, a categoria já havia ficado em greve pelo mesmo motivo, durante cinco dias.

A assembleia decidiu que a greve será suspensa apenas quando todos os policiais agentes tiverem os vencimentos integralizados. Também ficou acertado que haverá uma assembleia permanente, enquanto não for regularizado o pagamento dos salários, além de ser deflagradas novas paralisações sempre que os salários não forem pagos na data prevista em eli.

Atendimentos de urgência e emergência devem ser mantidos, o que representa a manutenção de 30% de efetivo em cada órgão da PC, quando houver a necessidade de atuação. O objetivo é garantir a prestação de serviços indispensáveis, embora a Ugeirm recomende que as viaturas não circulem durante a greve.

A assembleia também suspendeu o cumprimento de mandados de prisão, busca e apreensão, as operações e ações policiais, o serviço de cartório, a entrega de intimações, oitivas e remessas de inquéritos policiais à Justiça.

A categoria orienta que as Delegacias de Pronto Atendimento e Plantões só atendam flagrantes e casos graves, como latrocínios, homicídios, estupros, ocorrências envolvendo crianças, adolescentes e idosos e a Lei Maria da Penha. Devem ser efetuados também o registro de furtos de veículo.

Consultado pela reportagem da Rádio Guaíba, o chefe de Polícia do RS, delegado Emerson Wendt, disse que a administração vai “acompanhar para que os serviços não sejam descontinuados e que a população fique desassistida”.

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Vão receber atrasados, mas vão receber.

    Então que não recebam pelos dias parados. Que estória é essa de não trabalharem e receberem integralmente, quando acontecer? Que lindo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo