SAÚDE. Em resposta a Valdeci, Kaus diz que petista é um dos responsáveis por Hospital não estar aberto

SAÚDE. Em resposta a Valdeci, Kaus diz que petista é um dos responsáveis por Hospital não estar aberto

SAÚDE. Em resposta a Valdeci, Kaus diz que petista é um dos responsáveis por Hospital não estar aberto - João-Kaus

Em resposta à matéria com o deputado Valdeci, vereador João Kaus diz que PT nunca quis a construção do Hospital Regional. Foto Divulgação

Por Maiquel Rosauro

O site publicou no sábado (20) a matéria “SAÚDE. Para deputado Valdeci, atendimento 100% SUS no Hospital Regional é uma vitória da mobilização”, no qual o petista destacava a luta em prol da abertura da unidade. Nesse domingo (21), o vereador João Kaus (PMDB), solicitou ao site espaço para publicar uma resposta ao deputado.

Conforme Kaus, Valdeci é “um dos principais responsáveis pelo Hospital não estar atendendo a população há muito tempo”.

Abaixo, confira na íntegra a resposta do vereador:

“Temos dois partidos que têm méritos em tudo o que se refere ao Hospital Regional. Primeiro o PMDB, na figura do ex-prefeito e hoje secretário estadual de Segurança, Cezar Schirmer. Segundo, o PSDB, através da ex-governadora Yeda Crusius e do ex-deputado estadual e atual prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom.

Se tiver um partido que não tem mérito nenhum é o PT. Aliás, o PT sempre foi contra o Hospital Regional. Quando foi proposto pelo Estado, pelo então governador Germano Rigotto (PMDB), tendo à frente do processo o secretário estadual Saúde, Osmar Terra (PMDB), em 2003, o então prefeito Valdeci Oliveira (PT) e o Conselho Municipal de Saúde (em sua maioria formado por petistas), posicionaram-se contra a construção do Hospital Regional por uma simples razão: era um ótimo investimento para o município e região, mas o proponente não era o PT e sim o PMDB.

Eles (petistas) não deviam colaborar, pois esta sempre foi a política do PT: “se for bom para o PT, ótimo, vamos ajudar! Se não for bom para o PT, temos que atrapalhar”.

Foi isso que fizeram na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e no Conselho Municipal de Saúde, que não viabilizaram o local para a obra, pois não foi um terreno conseguido pelo então prefeito Valdeci.

Só que depois de seis anos truncado pelo PT, foi preciso a governadora Yeda e o então deputado Schirmer conseguirem o terreno, licitar e dar início a obra. Em dois anos, o governo Yeda construiu 70% do prédio.

Logo depois, entrou mais um PT no meio: o governo Tarso Genro. Em quatro anos, Tarso não deu prioridade à obra, que teve várias paralisações por falta de pagamentos. Resumindo, em quatro anos não concluiu os 30% restantes da construção.

Quando Tarso perdeu a eleição em outubro de 2016, tentaram tirar uma casca e botar fogo na fogueira. Firmaram um contrato de cooperação com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), esta ligada ao governo federal (petista à época). Com isso, tentaram vincular o partido a uma obra que seus companheiros partidários nunca ajudaram.

Quando o Hospital foi proposto, lá em 2003, o Brasil há pouco tempo administrado pelo PT tinha recursos financeiros. Se o PT não tivesse atrelado o Hospital, certamente estaria pronto em 2007 ou 2008, e com recursos para ser colocado em funcionamento imediatamente. Mas não, com os atrapalhados do PT a obra só foi concluída em 2016.

Resumo da história: neste momento, o Brasil e o Rio Grande do Sul estão falidos. Não há recursos para colocar em funcionamento um dos maiores investimentos de saúde no Rio Grande do Sul nos últimos tempos.

Então, vem o senhor Valdeci, deputado do PT, querer dizer que se o Hospital for 100% SUS é mérito e pressão dele… Pelo contrário, ele é um dos principais responsáveis pelo Hospital não estar atendendo a população há muito tempo. E por um simples motivo: O que não for bom para o PT, não é bom para a população”.

Vereador João Kaus (PMDB)



14 comentários

  1. Mauro Ferreira

    Parabéns Vereador.
    Falou a verdade sobre mais uma mentira deslavada do ex prefeito.
    Esta mais que na hora da cidade ver o quanto de inexpressivo é a figura deste deputado para a nossa cidade.

  2. José Luzardo Cruz Brum

    Ba! Vereador Joao Kaus! Desculpa. Mas o senhor nao nos representa. Nem mesmo como vizinho q somos. Pois aqui em seu bairro. Nem projeto social o senhor visita e toma conhecimento. Curunilho fc!

  3. Paulo Roberto

    Acho que tem dedo e unha do Zinn nessa nota. Uma porque o edil em questão não teria capacidade de elaborar o texto. Outra porque precisam inventar história para justificar sua incompetência. E é muito fácil jogar a culpa “no PT”.

  4. Cavour

    Nota com o dedinho do Zinn, sim, porque o nobre edil teria uma certa dificuldade para concatenar 5 ou 6 parágrafos assim. Só não sei se foi passada pelo telefone celular. Mas não esconde o óbvio: lá trás era quem dizia que era muito mais fácil, barato e vantajoso investir na Casa de Saúde tinha razão. Se tivessem feito isso, há anos haveria um hospital moderno atendendo, não um elefante branco ainda sem solução.

    Mas aí não haveria obras, empreiteira, etc…

  5. José dos Santos

    Nem sabia que era vereador, pois nunca aparece ou só aparece para garantir cargos para seus cabos eleitorais. Em seu nome esta esta a palavra KAUS, por isso agora vem aparecer na tribuna.
    Para esclarecer o que se defendia na época era que se o o governo estadual queria investir na saúde deveria fazer de maneira inteligente e sabia.
    Se fosse investido 50% no HUSM, e o restante nos hospitais da região, pois a maioria dos pacientes que buscam os serviços de saúde em Santa Maria, e assim acarretando o grande lotação nos leitos saude publica em Santa Maria.
    Portanto KAUS, até os dias de hoje nunca ouvi um pronunciamento em defesa de nada para Santa Maria, é só ver a manifestação de seu vizinho.

  6. Carla

    Sabemos como é difícil encarar as verdades. O Vereador narrou os fatos com conhecimento de causa, se percebe inclusive na forma cronológica como ele coloca os mesmos. Entendo que para que haja respeito não precisamos pensar da mesma forma. Na verdade teremos a Casa de Saúde, muito bem administrada e o Hospital Regional. Isto não é bom para Santa Maria? Outras questões citadas acima, como por exemplo, não foi o Vereador que escreveu o texto, seria para desviar o foco?

  7. O Brando

    É fácil colocar a culpa no PT porque o mesmo é quase invariavelmente culpado. Tanto a “mobilização” não tem nada a ver com o anúncio (é o que se tem no momento, nada concreto) que a metade “gestão da Ebserh” da reinvindicação não aconteceu. Ou esqueceram as reuniões da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da AL? E outras? Sem falar que no espectro vermelho da política a grande maioria não tem nenhuma peia para mentir descaradamente. Exemplo? Gente falando que a ideia da Rede Sarah em Santa Maria era coisa do Pimenta. Outra: não param de criticar o “uso político do hospital”, mas não param de tentar utilizar politicamente o assunto. Chame os adversários do que você é, acuse-os do que você faz.

  8. João Carlos da Silveira Domingues

    A análise dele é que é um verdadeiro CAOS de tão ruim. Nem pra piada serve, hehehehhe.

  9. O Brando

    Quanto ao debate em questão, nada de novo. Cabe observar que a claque petista faz o que foi ensinada: ataca-se a pessoa, não as ideias ou argumentos. Duas afirmações alegando que o vereador não é atuante. Duas afirmando que não sabe escrever direito. Uma contrapondo que deveria ser feito investimento no HUSM e Casa de Saúde. Verba federal do Hospital Regional, pelo menos a maior parte, veio no governo Lula. Casa de Saúde é municipal, ao contrário do novo nosocômio que é estadual/federal. HUSM? Por motivos que não vêm ao caso foi decidido transferir cursos do centro para o campus de Camobi. Construíram muitos prédios por lá (reitorar é construir prédios), inclusive ginásio. Se uma parte deste dinheiro fosse utilizado para ampliar o HUSM, o mesmo estaria com problemas? Falta de coordenação, falta de prioridades, falta de gestão, Dinheiro gasto com prioridades duvidosas.

  10. O Brando

    O mais engraçado da desqualificação: quando acusam Lula de semianalfabeto, de não saber ler e escrever direito ficam brabos.

  11. Garibaldi

    Esse Itaúba é um que queria ser vereador e nunca foi? Uma vez me disseram que ele era suplente e queria assumir por um mês pra se aposentar com um troco melhor e que alguém dos “vermelhos” não deixou rolar a malandragem. Viria daí a raiva dele contra o PT. Mas eu duvidei, uma pessoa que defende tanto a moralidade jamais faria isso. Deve ser tudo fofoca dos “comunistas”…

  12. Vicente Oliboni

    Pois pelo que vi no sítio da Câmara, não há nem uma proposição em prol da saúde de Santa Maria, do nobre edil. Agora, pra colocar nome em RUA tem várias, aliás, só o que sabe fazer, segundo informa o portal da Câmara Municipal de Vereadores de Santa Maria.
    Então pergunto, que legitimidade moral tem alguém que nunca moveu uma agulha pela saúde dos santa-marienses?

    Vamos fazer uma comparação? Quem fez mais pela Saúde?

    Me parece sim, que o parlapatão em questão, quer os holofotes, será que tem pretensões em 2018?
    Tá certo vereador, se candidatar numa eleição estadual, precisa muito mais que nomear ruas. Primeiro é preciso entender o que faz um legislador eleito pelo povo, premissa básica, que pelo seu histórico de proposições, o Sr. ainda não entendeu.

    Mas faça o seguinte, procure alguém do seu tamanho pra discutir.
    Mais um factóide, sem pé nem cabeça.

  13. Baixinho da Borracharia (psicografado)

    Vicente Oliboni, diante do teu ressurgimento eu também decidi sair do retiro em que estou (muito contrariado, como tu bem sabe).

    Olha, esse cidadão é o legítimo inepto, nem vale gastar “porva”, como dizem lá em Pains nesse chimango. Um suplente que desperdiça o dinheiro do contribuinte.

    Abraço, amigo velho. Se precisar, desço de novo aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *