Destaque

SAÚDE. Sartori confirma: Fundação Universitária de Cardiologia vai gerir Hospital Regional de Santa Maria

Com o aval da PGE-RS, a Secretaria da Saúde trata agora dos termos e detalhes da contratação. Foto Luiz Chaves / Palácio Piratini

Por Secretaria de Comunicação / Governo RS

A Fundação Universitária de Cardiologia foi contratada pelo Estado para administrar o Hospital Regional de Santa Maria. O anúncio foi feito no final da manhã desta quarta-feira (17) pelo governador José Ivo Sartori por meio de suas redes sociais e pela Rádio Piratini.

“Quero comunicar a Santa Maria e região que hoje estamos dando um passo importante sobre a gestão do Hospital Regional. Recebemos parecer favorável da Procuradoria Geral do Estado para contratar uma instituição externa para a administração do hospital. Diante desse parecer, informo que a instituição selecionada é a Fundação Universitária de Cardiologia, mais conhecida como o Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul”, anunciou o governador.

Com o aval da PGE-RS, a Secretaria da Saúde trata agora dos termos e detalhes da contratação. Sartori afirmou que esta é a primeira parte. “É um passo importante, mas o trabalho precisará ter continuidade”, enfatizou.

“A questão do hospital deve ser tratada com seriedade e prioridade. Não se resolve esse desafio com discurso, mas com atitude. Inclusive espero, sinceramente, que ninguém faça exploração política de um assunto tão sério como a saúde pública. Chega de puxar para trás. Vamos nos unir e seguir em frente”, concluiu Sartori.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo