Eleições 2018

ELEIÇÕES 2018. Ex-candidato a vice-prefeito de Santa Maria confirma pré-candidatura a deputado estadual

Adão Lemos deixou o PSC e ingressou nas fileiras do Podemos. Para a campanha à Assembleia Legislativa, ele planeja uma dobradinha com o deputado federal, Cajar Nardes (PODE), que tentará a reeleição. Foto Facebook / Divulgação

Por Maiquel Rosauro

O superintendente de Trânsito e Transportes da Prefeitura de Santa Maria, Adão Lemos, está de casa nova. Ele deixou o Partido Social Cristão (PSC) e filiou-se ao Podemos (PODE), partido pelo qual pretende concorrer no pleito de outubro.

“Saímos do PSC e, hoje, somos pré-candidato a deputado estadual pelo Podemos”, confirma.

Lemos é pastor evangélico e concorreu a vice-prefeito pelo PSC, na chapa encabeçada por Jader Maretoli (SD), em 2016. Ambos conquistaram quase 20 mil votos, ficando na quarta colocação daquele pleito.

Hoje, três coincidências não passam em branco: Jader também trocou de legenda no atual ciclo, filiando-se ao PRB; ambos são pastores evangélicos; e, outrora aliados, ambos serão adversários, caso se confirmem suas pré-candidaturas à Assembleia Legislativa.

A principal diferença, hoje, entre os dois pastores é que Jader partiu para uma sigla melhor estruturada na cidade, enquanto que Lemos investe em um partido em formação. Em Santa Maria, o PODE ainda não possui um Diretório.

Todavia, as dificuldades não parecem preocupar o superintendente de Trânsito, que projeta uma campanha em conjunto com o deputado federal Cajar Nardes (PODE), que buscará a reeleição.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo