SALA DE DEBATE. A Copa do Mundo ganha espaço, assim como o desencanto com a política. Ah, e o surto

SALA DE DEBATE. A Copa do Mundo ganha espaço, assim como o desencanto com a política. Ah, e o surto - sala-10

Âncora Bisogno e convidados: Elvandir Costa, Ernani Araújo, Walter Jobim Neto, Alfeu Bisaque e este editor (foto Gabriel Cervi Prado)

Um programa animado e com muitas e produtivas discussões. Assim foi o “Sala de Debate” desta segunda-feira, na Rádio Antena 1, entre meio dia e 1 e meia da tarde, com a ancoragem de Roberto Bisogno. Dele participaram, além deste editor, também os convidados do dia: Elvandir José da Costa, Luiz Ernani Bonesso de Araújo, Walter Jobim Neto e Alfeu Bisaque Pereira.

Claro que a Copa do Mundo de futebol, em disputa na Rússia, ganhou importante espaço. Menos (embora disso se falasse, obviamente) pelo que acontece dentro dos estádios e muito, mesmo, sobre o entorno, inclusive um pouco da história e da cultura russos.

Também ganhou bom tempo de discussão o desencanto em relação à política, facilmente perceptível, e a importância do pleito de 8 de outubro. Ah, claro, sobrou também para tratar de outros temas, com destaque, aqui, para os números (a ser divulgados agora à tarde) do surto de Toxoplasmose.

PARA OUVIR O “SALA” DE HOJE, BLOCO POR BLOCO, CLIQUE NOS LINQUES ABAIXO!

 



6 comentários

  1. O Brando

    Não só Portugal, uma enormidade de gente está pedindo cidadania italiana. Depois encaminham o passaporte europeu. Gente que se enquadra nas cotas canadenses e australianas também estão picando a mula. Para ser motivo de risada sempre aparece alguém ‘moralmente superior’ dizendo que ‘não vai abandonar o barco, vai ficar para construir o futuro do país’.

  2. O Brando

    Falam que o ‘futebol já serviu para enganar muita gente’ e pulam direto para o tempo dos milicos. A copa de 2014 não existiu, com 12 estádios e elefantes brancos. A olimpíada idem, inclusive com gente presa.
    Quanto a ‘simbologia do verde amarelo’ é coisa orquestrada, muitos vermelhinhos falam por aí. No fundo é desqualificação (eles não conseguem escapar da fórmula: Fake News, mentiras, meias verdades, desqualificação, teorias da conspiração). Povo que saiu às ruas estaria ‘constrangido’ por ter derrubado Dilma, a humilde e capaz. Podem continuar, para quem já está ‘vacinado’ rende boas risadas.

  3. O Brando

    Da história russa quase não falam na conquista da Sibéria. Passaram o rodo como os americanos fizeram com os índios.

  4. O Brando

    Futebolisticamente falando, Neymar Balaca é um jogador habilidoso, porém não passa de um ‘David Beckham’ melhorado. Mais marketing do que outra coisa. Para ele sempre existe uma desculpa. Transferiu-se para a Europa (com um escândalo financeiro) e desde sempre dizem que no futuro vai ser o melhor do mundo. A menos que o Brasil ganhe a Copa (pelo que se apresenta até pode), o prêmio vai ser adiado novamente.

  5. O Brando

    Desencanto com a política é resultado da percepção de que a solução dos problemas não passa por lá. Não é só corrupção, a incompetência é muito mais grave. Sem falar nas idéias estapafúrdias, coisas que nunca deram certo apresentadas com uma nova roupagem.
    A última que vi na rede (exemplo para dar risada): Ciro Gomes é o futuro dos ‘progressistas’. Ciro Gomes era PDS, mesmo partido do pai dele. Principal economista da campanha? Mauro Benevides Filho, economista e professor universitário. O pai, apesar de ser PMDB, também é representante das oligarquias do nordeste. Como dizem, alguma coisa tem que mudar para permanecer a mesma coisa.

  6. O Brando

    Para quem não viu, um vídeo impróprio (tirem as criança da sala). Bando de imbecis, além de fazer bobagem filmam e colocam na rede. Se fosse na copa de 2014 e russos fizessem com a irmã deles não iriam gostar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *