Destaque

CÂMARA. Se considerando abandonado pelo MDB, Adelar Vargas anuncia: deixa a Executiva e o Diretório

Desde que deixou a base do governo Pozzobom, há um ano, Adelar Vargas, o Bolinha, disse que perdeu o apoio do MDB santa-mariense

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Camila Porto Nascimento/AICV), da Equipe do Site

O sonho de Adelar Vargas – Bolinha (MDB) se tornar presidente da Câmara de Vereadores de Santa Maria foi destruído na tarde dessa quinta-feira (26). Ao virar a casaca a favor do governo, Leopoldo Ochulaki – Alemão do Gás (PSB) implodiu um acordo que existia desde março e que garantia o mandato do emedebista em 2019. Contudo, não foi apenas o socialista que abandonou o vereador, mas também o seu próprio partido.

Bolinha era o candidato do então Grupo dos 11 à presidência e, mesmo abatido após a derrota, terminou a sessão com a cabeça erguida.

“Faz parte da democracia. O Alemão tem a posição dele, tem os cargos e o direito de votar como quiser. Ele me convidou a voltar para a base do governo, mas isso é algo que eu jamais faria, pois o Legislativo tem que ser independente e não ser atrelado ao governo”, disse o vereador.

Mais tarde, quando os vereadores já saíam do Plenário, Bolinha fez um pedido ao repórter deste site.

“Coloca aí que eu vou protocolar uma carta informando minha saída da Executiva e do Diretório do partido. O MDB me abandonou, nunca me dá apoio”, solicitou o emedebista.

Na legenda, Bolinha integra o grupo liderado pelo secretário estadual de Segurança, Cezar Schirmer. Porém, hoje o MDB/SM é controlado pelo grupo da presidente municipal, Magali Marques da Rocha. Oficialmente, o MDB não está no governo Pozzobom, mas na prática possui cargos na Prefeitura, incluindo uma secretária e um superintendente, além de dois vereadores que fazem parte da base de Pozzobom no Legislativo: João Kaus e Francisco Harrisson.

Honra

No Facebook, após a eleição da Mesa Diretora, Bolinha disse que prefere morrer com honra, do que viver desonrado. A publicação deve-se ao fato de que Alemão do Gás teria prometido, em mais de uma ocasião, o voto junto ao G11.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo