CIDADE. O caos amanhece na Praça Saturnino, com confronto e vandalismo causado por gangues juvenis

CIDADE. O caos amanhece na Praça Saturnino, com confronto e vandalismo causado por gangues juvenis

CIDADE. O caos amanhece na Praça Saturnino, com confronto e vandalismo causado por gangues juvenis - medianeira-saturninoAs redes sociais receberam vídeos e fotos impactantes do que aconteceu ao amanhecer de sábado, na Praça Saldanha Marinho, a menos de 500 metros do coração da cidade. Confronto entre gangues juvenis e muito medo e revolta entre os moradores do entorno. A prefeitura considera um “fato isolado” que, no entanto, requer providências. Tanto que, conforme nota divulgada no final da tarde deste domingo, anuncia reunião convocada pelo prefeito Jorge Pozzobom, com autoridades da cidade.

Um ótimo relato, e a reação de pessoas da população, também pode ser encontrado no material publicado no site da Rádio Medianeira FM, em reportagem de Fabrício Minussi.

Agora você confere, na íntegra, a nota distribuída pela Superintendência de Comunicação da Prefeitura. E, em seguida, o material da emissora de rádio.

NOTA DA PREFEITURA DE SANTA MARIA

“O incidente na Praça Saturnino de Brito, na proporção em que ocorreu, é um fato isolado, mas que exige uma análise criteriosa dos fatos geradores daquele incidente e, acima de tudo, medidas severas para evitar a repetição de um episódio desse tipo.

Por isso, a partir de um convite do prefeito Jorge Pozzobom, será realizada, nesta segunda-feira (17), uma reunião para tratar especificamente da Praça Saturnino de Brito e o seu entorno. Estarão presentes, além dos setores do Poder Executivo, como Casa Civil, Guarda Municipal, Superintendência de Fiscalização e Secretaria de Mobilidade Urbana, representantes dos órgãos de Segurança que atuam na cidade, como Brigada Militar, Polícia Civil e Polícia Federal.

A integração entre todas essas partes, com troca de informações e planejamento de ações conjuntas, tem sido uma marca da Administração Municipal, com sucesso comprovado em inúmeros eventos em Santa Maria e, especialmente, nas quatro edições da Calourada Segura, na Praça Saturnino de Brito.

Porém, diante do fato ocorrido nesse final de semana, novas providências deverão ser adotadas para coibir a violência e o vandalismo naquele local.”

A seguir, vale conferir a ampla reportagem assinada por Fabrício Minussi, disponível no site da Rádio Medianeira 102.7 FM, com imagem de Reprodução.

CONFRONTO DE GANGUES DE MENORES EM PRAÇA DA CIDADE GERA REVOLTA DA POPULAÇÃO

Moradores do entorno da Praça Saturnino de Britto, no Centro de Santa Maria, ficaram assustados com uma briga generalizada, fato ocorrido por volta das 6h de sábado (15). Imagens que circulam pelas redes sociais mostram o confronto entre duas gangues rivais, formadas na maioria por adolescentes, menores de idade. Foram minutos de terror, que teve início na esquina da Rua Duque de Caxias com a Rua Dr. Bozano.

Os envolvidos aparecem nas imagens munidos de paus, pedras e garrafas. Até uma lixeira foi usada durante a briga. Tiros foram disparados para o alto. Um taxista que estava no ponto do cruzamento citado deixou o local com medo de ter o veículo depredado. O mesmo aconteceu com um vendedor de cachorro quente, que deixou para trás os seus pertences. Os bancos da praça também foram vandalizados. Ao final da confusão, o local que deveria servir para o lazer e convívio social das pessoas parecia um cenário de guerra como mostram as imagens no vídeo, abaixo.

O logradouro público é palco de encontro de menores durante as madrugadas dos finais de semana, que deixam um rastro de sujeira no local. Não havia vigia no momento da confusão registrada na manhã de sábado. A Brigada Militar foi acionada por moradores do entorno de praça. Quando a guarnição chegou baderneiros já não estava mais no local.

O episódio causou indignação da população pelas redes sociais, que cobra mais segurança das autoridades na área central da cidade. Entre as medidas sugeridas, seria uma atuação mais permanente da Guarda Municipal, a quem compete a vigilância dos logradouros públicos da cidade…”

PARA LER A ÍNTEGRA, E INCLUSIVE CONFERIR UM VÍDEO, CLIQUE AQUI.



1 comentário

  1. O Brando

    Há os que defendem a redução da maioridade penal. Os que são contra afirmam que o sistema prisional é uma escola do crime, como se aqui fora nada acontecesse. E não adianta mimimi, aquelas tais políticas públicas que possivelmente diminuíssem o problema todos sabem que não vão sair.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *