HAVAN. PT, PTB e PSB barram a viagem de dois edis com dinheiro público e eles vão por sua própria conta

HAVAN. PT, PTB e PSB barram a viagem de dois edis com dinheiro público e eles vão por sua própria conta

HAVAN. PT, PTB e PSB barram a viagem de dois edis com dinheiro público e eles vão por sua própria conta - maiquel-kaus

“Quero agradecer quem não nos proporcionou essa viagem, essas cabeças que só pensam no próprio umbigo”, disparou Kaus na tribuna

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Mateus Azevedo/AICV), da Equipe do Site

Os vereadores João Kaus (MDB) e Marion Mortari (PSD) viajaram para Brusque, nessa quinta-feira (7), para entregar uma moção de apoio e um abaixo-assinado ao empresário Luciano Hang, proprietário da Havan. Todavia, a viagem não ocorre da forma como foi planejada. Os dois parlamentares tiveram que tirar dinheiro do próprio bolso para pegar a estrada.

No início da madrugada de quinta, o site publicou uma matéria noticiando a viagem e também o cálculo com os gastos com diárias, combustível e pedágios. Pelas contas do site, a viagem à sede da Havan custaria em torno de R$ 4.832,07 (AQUI).

A matéria repercutiu com força no Legislativo e a primeira reação foi tomada pelo próprio Kaus, autor do pedido de viagem. O emedebista protocolou uma nova proposta de autorização de viagem para o mesmo destino, mas desta vez sem uso de carro oficial, apenas com o pagamento de diárias aos dois parlamentares.

Kaus tentou inserir na Ordem do Dia o novo pedido, porém as bancadas do PT, PTB e PSB votaram contra (bastava que apenas uma bancada se manifestasse de forma contrária para barrar a inclusão da proposta na pauta). Na tribuna, o parlamentar não perdoou os líderes de bancadas.

“Quero comunicar esta Casa que eu e o vereador Marion vamos ir sim, por contra própria, assim que terminar a Ordem do Dia. Vamos pagar o dinheiro da gasolina se esse é um problema de Santa Maria. É com essa cabeça e cérebro que Santa Maria quer se desenvolver…”, bradou o parlamentar.

Sobrou também para quem fez a matéria informando sobre o custo que a viagem teria aos cofres públicos.

“Não tem o que fazer de notícia, vim fazer conta de pedágio. Mas estamos mal na foto!”, exclamou o vereador.

Todavia, o principal alvo da indignação foram mesmo os líderes de bancada que votaram contra a inclusão do pedido na Ordem do Dia.

“Quero agradecer quem não nos proporcionou essa viagem, essas cabeças que só pensam no próprio umbigo e não pensam no geral, porque se não tiver alguém que pensa alto a sociedade vai ficar do jeito que está, trocando seis por meia dúzia”, afirmou o vereador.

Logo após o discurso, Kaus e Mortari deixaram o Plenário e partiram para Brusque por conta própria. Na sede da Havan, eles pretendem entregar o abaixo-assinado e a moção de apoio para sensibilizar Hang a instalar uma unidade da loja em Santa Maria.

Mesmo não seguindo presente na Casa, Kaus continuou sendo o assunto ao longo da tarde.

“Todos nós somos a favor da instalação da loja, ninguém está discutindo a importância da Havan, e sim o fato de uma viagem ao Estado de Santa Catarina  idealizada pelo vereador João Kaus de última hora. Alguns vereadores entendem que o vereador Kaus poderia ter feito a entrega do abaixo-assinado quando o empresário Luciano Hang esteve aqui”, observa Daniel Diniz (PT), líder da bancada petista.

Algumas das críticas mais duras vieram do vereador Leopoldo Ochulaki – Alemão do Gás (PSB). O socialista disse que é muito feio Kaus falar ‘abobrinha’ na tribuna e que caberia ao emedebista ter feito um ato em conjunto com os vereadores ao invés de sair sozinho em praça pública colhendo assinaturas.

“Pelo que vi o senhor está querendo tirar proveito da vinda desta firma. E não é assim que funciona. Quando o senhor Luciano esteve aqui em Santa Maria, por que o senhor não entregou o abaixo-assinado para ele?”, questionou Alemão do Gás.

O vereador Ovidio Mayer (PTB) também não perdoou Kaus e fez uma crítica ainda mais incisiva.

“Ele (Kaus) me chamou aqui de burro, louco e que não sabe o que está fazendo. Se ele tem o direito de dizer isso, eu tenho o direito de dizer que ele é um mentiroso. Ele disse que não pediu diária, só pediu dispensa para viajar, mas não é verdade, qualquer um da população de Santa Maria pode pedir o requerimento que ele encaminhou para a presidência e está lá ‘pedido de diária’. E ele vem aqui e diz que não pediu diária, mas que barbaridade”, declarou o petebista.

Embora a bancada tucana tenha se posicionado a favor da inclusão do pedido na pauta da sessão, Juliano Soares – Juba (PSDB) afirmou que votaria contra a realização da viagem com dinheiro público, caso tivesse ocorrido uma discussão no Plenário.

“Não posso concordar com uma viagem que custaria em torno de R$ 5 mil aos cofres do município”, alegou o tucano.

Juba ainda foi além e disse que não faz sentido nenhum entregar o abaixo-assinado, uma vez é fato notório que a empresa tem intenção de se instalar em Santa Maria e que tanto prefeito quanto vereadores e sindicatos apoiam a vinda da Havan.

A caminho de Brusque

Por volta das 21h30min dessa quinta, a reportagem do site recebeu uma mensagem de João Kaus, via WhatsApp. Confira na íntegra o pedido do vereador:

“Só quero te dizer que não preciso de diárias para fazer meu trabalho, quando entendo ser importante para a população. Estamos aqui no Restaurante Simonetti, na Tabaí-Canoas. Posta aí para seus leitores que vamos pagar até o último centavo. Eu e o vereador Mortari não deixaremos de fazer a nossa parte”.



12 comentários

  1. Everton

    Ficaram brabinhos, que tristeza!!! Depois dessa heróica viagem, não é de surpreender que saia um DVD; A BATALHA DE BRUSQUE!

    • Ricardo Massu

      kkkkkkkkkkkkkkkk; Everton; essa foi show, kkk, a “Batalha de Brusque”, hehehe; e olha; não duvido que o João Kaus realmente faça esse DVD, kkkkkkkkkk

  2. Glaucy Iara Naissinger Beck

    Político oportunista já não me surpreende. E nós aqui, tentando de forma inglória separar o joio do trigo…

  3. Zé Ruas

    “vamos pagar até o último centavo.”

    Seguramente que irão. Combustível, hotel, lanche no Simonetti e demais gastos.
    A população ficará atenta.

  4. O Brando

    Lembrando sempre que ‘brindes’ não podem ultrapassar o valor de 100 reais e solicitar vantagem indevida é corrupção passiva.

  5. João

    E os vereadores terão um dia de trabalho descontado de seus salários? Como estão indo por sua própria conta, sem autorização da Câmara, não é uma viajem representar o poder legislativo local.

  6. Ricardo Massu

    Concordo com o que disse o vereador Diniz sobre o fato de o vereador Kaus poder ter entregue esta Moção de apoio a instalação da Havan quando o empresário Luciano Hang aqui esteve no mês passado. Além do mais; o que iria influenciar a vinda da empresa para Santa Maria se os edis fossem ou não para Brusque (sede da Havan)? Creio que a Câmara de Vereadores insiste em discutir assuntos no qual o município tem muito pouca ingerência. Nosso Parlamento poderia estar debatendo assuntos muito mais importantes para a nossa cidade; tais como a revisão do novo Plano Diretor por exemplo.

  7. João

    Pra quem quiser assistir o vereador vai pra tribuna à 1h37 da gravaçao da sessão: https://www.youtube.com/watch?v=XhjbyOnNgDU.

  8. Maurício

    De todas as bancadas que já passaram pela Câmara de vereadores de Santa Maria, nestas 4 décadas que me entendo por gente, estes atuais vereadores (todos) são os piores representantes do povo de Santa Maria, espelhos da cidade.

    • Ricardo Massu

      Concordo plenamente contigo Maurício! Quando me lembro que a cidade já teve um Renan Kurtz, um João Forgiarini, um Fernando Piluski; um Abdo Motecci; um Oswaldo Nascimento da Silva…esses atuais são verdadeiros “anões” parlamentares!

  9. Ricardo Massu

    somente para corraborar com este último comentário do Maurício; a maioria dos atuais legisladores municipais nem sabem qual o verdadeiro papel de um vereador; eles poderiam antes de serem diplomados no Parlamento municipal; fazerem uma espécie de cursinho preparatório; é muito constrangedor constatar que alguns deles não sabem nem interpretar uma Lei, Decreto, Portaria, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *