HAVAN. Dois edis querem viajar a Brusque para um salamaleque com dono da empresa. Custo: RS 4,8 mil

HAVAN. Dois edis querem viajar a Brusque para um salamaleque com dono da empresa. Custo: RS 4,8 mil

HAVAN. Dois edis querem viajar a Brusque para um salamaleque com dono da empresa. Custo: RS 4,8 mil - maiquel-havan

Somando diárias para os edis e do servidor, pedágios e combustível, viagem custará, segundo contas do site, cerca de R$ 4,8 mil

Por MAIQUEL ROSAURO (com imagem de Reprodução), da Equipe do Site

Se tudo sair conforme o planejado, os vereadores João Kaus (MDB) e Marion Mortari (PSD) deixarão a sessão plenária desta quinta-feira (7) mais cedo e partirão para Brusque. Em solo catarinense, a dupla pretende visitar a sede da Havan e entregar para seu proprietário, Luciano Hang, uma moção de apoio e um abaixo-assinado em favor da instalação da empresa em Santa Maria. Para isso, a maioria dos parlamentares precisa aprovar o translado.

A autorização de viagem foi protocolada nessa quarta (6) por Kaus e não consta na Ordem do Dia da sessão desta quinta. A expectativa é de que o pedido seja incluído na pauta logo na abertura dos trabalhos e apreciado em Plenário. Se aprovado, os dois parlamentares já saem em carro oficial às 17h.

A moção em apoio à vinda da Havan, de autoria de Kaus, foi aprovada por unanimidade em 26 de fevereiro. Dois dias depois, o emedebista conseguiu formar uma comissão especial para acompanhar o tema junto aos sindicatos. Além de Kaus, Mortari e Manoel Badke – Maneco (DEM) completam a comissão.

Já o abaixo-assinado foi promovido por Kaus logo após Hang publicar um vídeo criticando o presidente do Sindicato dos Comerciários, Rogério Reis. No total, foram colhidas 2,2 mil assinaturas.

“Vamos levar o abaixo-assinado mostrando o interesse da população na vinda da Havan e também moção indicando a aprovação unânime dos vereadores. Nosso objetivo é sensibilizar a empresa e também os sindicatos, no sentido de alcançar um consenso em relação à instalação da loja em nosso município”, afirma Kaus.

Hang esteve em Santa Maria, pela última vez, em 26 de fevereiro, quando se reuniu com representantes do Sindicato dos Comerciários e do Sindilojas. Na ocasião, o empresário concedeu uma entrevista coletiva no qual afirmou que espera confirmar a instalação da loja na cidade até o dia 12 de março, data em que espera que os sindicatos já tenha resolvido a questão de abertura dos feriados.

Diárias

Conforme o roteiro protocolado no site da Câmara, o retorno dos parlamentares está previsto para iniciar às 16h de quinta, com pernoite em Porto Alegre. A chegada em Santa Maria irá ocorrer no sábado (9). E qual o custo da viagem?

Levando em conta que são dois pernoites, imagina-se que os parlamentares e o motorista que conduzirá os edis irão receber, cada um, duas diárias e meia. Uma diária de vereador para fora do Estado corresponde a R$ 534,00, enquanto que a diária de servidor para além de terras gaúchas tem o custo de R$ 625,00.

Somando tudo, chega-se ao total de R$ 4.232,50 em diárias (R$ 2.670,00 para os vereadores e R$ 1.562,50 para o servidor).

Pedágios

Em relação ao trecho rodoviário, levando em consideração que os edis optaram pelo caminho via Porto Alegre, 855 quilômetros separam o Casarão da Vale Machado da sede da Havan, na Rodovia Antônio Heil, 320, em Brusque, via BRs 287 e 101. Neste roteiro há praças de pedágio em Candelária (R$ 7,00), Venâncio Aires (R$ 7,00), Gravataí (R$ 4,40), Santo Antônio da Patrulha (R$ 8,80) e Palhoça (R$ 2,70).

Apenas em pedágios o valor gasto será de R$ 51 (em Santo Antônio da Patrulha paga-se apenas na ida).

Combustível

Os vereadores deverão viajar em um Chevrolet Spin do Legislativo que faz, em média 13,7 km/l na estrada. Considerando que o preço médio do litro da gasolina custa R$ 4,395; o custo aproximado em combustível para vencer os 1.710 km (ida e volta) ficará em cerca de R$ 548,57.

Resumo da ópera

Somando diárias, pedágios e combustíveis, o gasto total de dinheiro público para a viagem dos dois vereadores para Brusque saíra por, aproximadamente, R$ 4.832,07.



9 comentários

  1. Eder

    O problema não é o custo da viagem, o problema é que, Santa Maria RS com população em média de 300 mil habitantes os caras colheram 2,2 mil assinaturas só isso é ainda vão até Brusque SC para fazer Marketing, não tiveram a capacidade de colher nem 1% de assinaturas, que seria em média 3 mil assinaturas…fiasqueira!

  2. Marco

    A viagem tem que sair do bolso deles mesmo. Isso não vai ter resultado nenhum!!!! Acho que tão com vontade é de dar uma passadinha com o dinheiro do povo!!!!!!!😆😆😆😆

  3. Everton

    Mas olha só, com que “tutano” essas criaturas vão negociar a vinda dessa loja! Mas tenham respeito pelo dinheiro público! Vão se enxergar! Querem puxar o saco do Hang, façam com dinheiro do próprio bolso, que aliás, é originado pelos pobres contribuintes. Vergonha !

  4. Zé Ruas

    Será que vão ganhar brindes da HAVAN?
    Uma miniatura da Estátua da Liberdade.
    Uma camiseta da HAVAN.
    Horas e horas de esforço e deslocamento por uns minutos de fama.
    Saindo as 17 h irão chegar a que horas?
    Pode computar hora extra e até adicional noturno no salário do motorista. Mais de 10 horas de viagem.
    Fazem tiro direto? Não pode.
    Viagem até PoA, 4 horas, dormem e acordam cedo, mais 6 horas de viagem, chegam meio dia de sexta.
    Reunião a tarde, saída as 16 h, dorme em PoA. chegam as 22 hs. No sábado acordam cedo, café da manhã e ao meio dia de sábado estão estacionando carro na Vale Machado.

    Sendo assim, no máximo umas 4 horas na HAVAN.

    Cuidar hora extra do motorista. Excesso de jornada.

  5. O Brando

    Brusque, muitos shoppings e centros de moda vendendo malha a preço de atacado. Dá para dar uma esticadinha até Blumenau e tomar um chopp de trigo na fábrica da Eisenbahn (memória ferroviária por lá é bem melhor), passar em Nova Trento e dar uma rezadinha no Santuário da Madre Paulina, passar em Itajaí/Balneário Camboriú e comer um peixinho (depois do carnaval o movimento deve estar bem melhor). Só alegria e felicidade! Para que viajar esta distancia toda só para puxar-saco? Dinheiro público merece ser bem gasto!

  6. O Brando

    Detalhe: autorização é para POA ou Brusque? E um chasque, se os edis enxergarem as ‘primas’ digam que mandei um abraço chinchado. Só falar que é da aldeia que já sabem quem é. E digam pra ‘tia’ para baixar o preço do Keep Cooler, 20 pila é muito caro! Kuakuakua

  7. ROBERTO ALMEIDA

    Esses vereadores estão de sacanagem c/os duzentos mil eleitores,ou um pouquinho mais que esta Aldeia tem,
    eles acham que vão negociar a vinda da Havan,e,ainda levar moção de apoio,isto é brincadeira c/o dinheiro Publico,
    custo acreditar,que todos os vereadores aprovaram,moções e viagem.
    O vereador Kaus,quer uma lei p/retirar carroças de papeleiros do centro da cidade,não é bem assim,primeiro tem
    de reunir todos,e formatar uma solução,e qual,nem ele sabe,aconselho a pegar um onibus de linha,pagar do seu bolso,
    e ir a Canoas,ver o que de BOM,foi feito por lá neste sentido…………RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *