PARTIDOS. Cida Brizola desiste de ser candidata à presidência do PP e Mauro Bakof é o único nome, hoje

PARTIDOS. Cida Brizola desiste de ser candidata à presidência do PP e Mauro Bakof é o único nome, hoje

PARTIDOS. Cida Brizola desiste de ser candidata à presidência do PP e Mauro Bakof é o único nome, hoje - maiquel-pp

Convenção do Progressistas será em 5 de maio, na Câmara. Se eleito, Bakof vai trabalhar para o PP ser protagonista no pleito de 2020

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de André Ribeiro), da Equipe do Site

União. Esta é a palavra que o atual vice-presidente do Progressistas de Santa Maria, Mauro Bakof, utilizou para definir a reunião realizada pelo partido, na noite dessa quinta-feira (11), no Plenarinho da Câmara de Vereadores. A vereadora Cida Brizola (PP) desistiu de concorrer à presidência da sigla, abrindo caminho para a formação de uma chapa única. A convenção municipal que irá decidir o futuro da legenda está marcada para o dia 5 de maio.

Há uma semana, o site divulgou as intenções de ambos em disputar a liderança da legenda (AQUI). Porém, no encontro dessa quinta pesou o papel que Cida desenvolve, como presidente da Câmara, e a necessidade de uma união interna frente ao pleito de 2020.

“Nós sentamos e conversamos. A vereadora Cida abriu mão em virtude de estar sobrecarregada com suas funções no Legislativo. É óbvio que poderá haver outras chapas, mas, neste momento, não observamos esse movimento no partido”, comenta Bakof.

Dentro do PP/SM, Bakof é um dos principais críticos do governo Pozzobom. Em fevereiro, se tornou pública uma carta em que ele analisava o excesso de cargos de confiança no Executivo e também apontava a interferência do governo Municipal no Legislativo (AQUI). Vale lembrar que o vice-prefeito é Sérgio Cechin (PP).

Caso seja eleito presidente, Bakof relata que não deverá tomar atitudes extremas, agindo conforme as decisões do novo Diretório. Porém, seu principal objetivo já está bem definido.

“Vou brigar por protagonismo. Todo partido almeja isso e quem não tentar está fadado ao fracasso. Fizemos a união neste sentido. Temos que ter ousadia”, argumenta.

Uma vez na condição de presidente, Bakof abrirá mão de concorrer à vereança em 2020. Além disso, ele almeja montar uma Executiva que não tenha nenhum candidato ao próximo pleito. O mandato à frente da sigla é de dois anos (2019-2021).



4 comentários

  1. ANDERSON MONTEIRO DA ROCHA

    Parabéns Bakof esse é PP puro, nasceu dentro do partido e sempre esteve presente. Com ele, quem sabe agora o partido toma outra direção. Já a outra, ninguém sabe ninguém viu falar internamente no partido. Só se elegeu por causa do CRM.

  2. Pablo Silva

    Até que um dia a DOUTORA colocou os pés no chão. A Presidência da casa do povo não anda fazendo bem para ela só baixas e logo mais uma que é o fim da presidência. Tá faltando humildade DOUTORA.

  3. Moacir da Rosa Alves

    Parabéns Mauro Bakof, coragem e bravura aliados a muito conhecimento e vivência do PP sobre nossa Santa Maria apontam para o protagonismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *