CULTURA. Dez bons motivos para não perder, neste sábado, o show de “Luciano Leães & The Big Chiefs”

CULTURA. Dez bons motivos para não perder, neste sábado, o show de “Luciano Leães & The Big Chiefs”

Por MÁRCIO GRINGS (com fotos de ANDERSON DORNELLES/Luciano Leães e LUANA PACHECO/Big Chiefs), do site Memorabilia

Ainda são poucos meses, o Memorabilia Blues no Plataforma 85 segue até dezembro, no entanto, em pleno mês de junho, já estamos saudosos das noites memoráveis que aconteceram (e ainda estão acontecendo) nesses primeiros capítulos do evento. De março a abril, três nomes do blues internacional pisaram no palco do Plataforma – Willie Walker /USA (12/3), Whitney Shay /USA (18/4) e Tom Worrell /USA (25/5). Caso você ainda não tenha conferido algum dos shows, a atração deste mês, em espetáculo que acontece neste sábado (22), fecha com chave de ouro esse primeiro semestre do projeto, no ano em que o blues novamente volta a pauta em Santa Maria.

No palco, Luciano Leães & The Big Chiefs, trupe que promete colocar uma nova marca de sucesso no histórico do evento. Não que isso seja necessário, mas segue um recado final aos desavisados de plantão, pois elencamos alguns motivos para você não perder essa nova passagem do grupo pela cidade.

– O BLUES DE VOLTA A SANTA MARIA – 

Depois de várias temporadas, novamente o blues ganha espaço cativo na noite santa-mariense. O Memorabilia Blues não apenas traz de volta o blues para um bar da cidade. O projeto fomenta a cena local, abrindo espaço para os pratas da casa, mas também circulando em sua agenda com nomes nacionais e internacionais do gênero. Com isso, todos os meses uma nova atração pisa no palco do Plataforma 85. Se você gosta de blues, próximo sábado, ás 22h30, acontece a edição #5 de 2019. Faça você também parte dessa história em construção.

CULTURA. Dez bons motivos para não perder, neste sábado, o show de “Luciano Leães & The Big Chiefs” - marcio-luciano– LUCIANO LEÃES – 

O pianista Luciano Leães já levou quatro premiações no Açoriano de Música. Vê-lo apenas acompanhado pelo piano, é sempre especial. Na posição de sideman (músico de apoio), é fácil percebê-lo roubando as atenções num espetáculo onde seu nome não é o principal. Já ao lado de sua banda, os Big Chiefs, como líder e detentor de um repertório próprio, Leães é capaz de nos impressionar ainda mais. Chance de presenciar muito de perto um dos melhores músicos do blues brasileiro, reconhecido fora do país como um de nossos principais expoentes.

CULTURA. Dez bons motivos para não perder, neste sábado, o show de “Luciano Leães & The Big Chiefs” - marcio-big-chiefs– THE BIG CHIEFS C/ NAIPE DE SOPROS – Edu Meirelles (baixo), Caetano Santos (mandolin e guitarra) e Ronie Martinez (bateria) formam o coração sonoro dos Big Chiefs. Quando esse trio opoia outra trinca de peso – Júlio Rizzo (trombone), Ronaldo Pereira (saxofone) e Bruno Nascimento (trompete), sabe-se que noites memoráveis serão vividas. Se tem naipe de sopros, expectativa de Second Line no ar! Numa breve definição, Second Line é uma espécie de parada musical em que uma banda de sopros (primeira linha) sai pela rua com o público (segunda linha) seguindo os músicos. Trata-se de uma das tradições mais celebradas na cultura musical de New Orleans, presente em shows, casamentos, aniversários e até funerais. O objetivo é celebrar o rastro de luz que nossas vidas projetam na existência humana. Por isso, prepare-se: há boas possibilidade de rolar um mini Second Line no próximo sábado no Memorabilia Blues no Plataforma 85.

– O SHOW – 

Ao lado dos Big Chiefs, Luciano Leães promete um repertório que passeia pelo seu álbum de estreia, o elogiado “Power of Love” (2015), além de revistar clássicos do blues e da música de New Orleans, principal escola seguida pelo músico. Prepare-se para surpresas, num repertório que antecipa em alguns meses o Mardi-Grass…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *