CIDADE. Suspeito de estupro e morte de menino de 5 anos é preso. Dois homicídios ainda esperam solução

CIDADE. Suspeito de estupro e morte de menino de 5 anos é preso. Dois homicídios ainda esperam solução

CIDADE. Suspeito de estupro e morte de menino de 5 anos é preso. Dois homicídios ainda esperam solução - polícia-estupro

Suspeito do estupro e da morte do menino já está recolhido à Penitenciária

No meio de tanta violência neste final de semana (pode-se dizer) atípico em Santa Maria, é possível ao menos encontrar notícias consoladoras. Uma delas é que o caso noticiado, inclusive AQUI, na manhã deste sábado, de homicídio na zona rural, acabou por ser mais tarde desmentido pelas autoridades de segurança. Tratou-se, enfim, de uma tentativa de homicídio em Santa Flora.

Em contrapartida, no final da noite de ontem, conforme INFORMADO pelo colega Renato Oliveira, da Rádio Imembuí e do Correio do Povo, foi assassinado Nemer da Silva Rodrigues, 37 anos. Muito coinhecido naquela região, ele foi morto com golpes de faca, nas proximidades do Ginásio Oreco, no Bairro Tancredo Neves.

A polícia já tem suspeito para o crime. Mas não há prisão feita. Como também não há, e é outra notícia ruim, autoria conhecida (ou divulgada, ao menos) para quem executou a trans Carolline Dias, 27 anos, perto das 5 e meia da manhã deste sábado.

Para fechar, ao menos uma informação que pode ser considerada boa, nesse mar de tristeza. No caso, a prisão do homem acusado de estuprar um menino de 5 anos que, depois, viria a morrer no Hospital Universitário. Quem traz a notícia (com foto de Divulgação) é o mesmo Renato Oliveira, em sua página no Facebook. Acompanhe:

“Na madrugada de sábado, uma criança de 5 anos veio a óbito após ter sido vítima de estupro. O fato ocorreu no bairro Diácono João Luiz Pozzobon, sendo que a criança foi levada ao hospital pela mãe, mas não resistiu. A causa da morte será oficialmente conhecida após a emissão do laudo pericial.

A Delegacia de Polícia de Proteção à Criança e ao Adolescente, que teve apoio da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa nas investigações preliminares, elucidou a autoria e houve representação pela decretação da Prisão Preventiva de um indivíduo de 18 anos, a qual foi deferida pelo Poder Judiciário local.

O homem confessou o crime e foi recolhido ao PESM . O inquérito policial instaurado irá apurar as circunstâncias do fato e será remetido no prazo legal à Justiça.

A ação foi coordenada pela Delegada Roberta Trevisan, Delegada de Poicia da DPCA de Santa Maria.”

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *