EVENTO. Grupos de oposição se mobilizam para um ato de protesto em Santa Maria, na tarde de amanhã

EVENTO. Grupos de oposição se mobilizam para um ato de protesto em Santa Maria, na tarde de amanhã

Por LUCAS REINEHR  (com imagem de Reprodução), da Assessoria de Imprensa da Sedufsm

EVENTO. Grupos de oposição se mobilizam para um ato de protesto em Santa Maria, na tarde de amanhã - sedufsm-protesto-amanhãNeste sábado, 7 de setembro, acontecerá em todo Brasil mais uma manifestação em defesa da educação e contra os retrocessos impostos pelo governo Bolsonaro, como a reforma da previdência, por exemplo. Em Santa Maria, haverá mobilização na praça Saldanha Marinho, a partir das 14h. A programação tem sido construída pela Frente Única dos Trabalhadores e Trabalhadoras (FUTT) e pelos coletivos que a integram. A proposta é que se somem a luta em defesa da educação e da Amazônia, convocada pela União Nacional dos Estudantes (UNE), ao Grito dos Excluídos, mobilização construída desde 1995 por movimentos populares no dia da independência.

De acordo com a diretora da Sedufsm e professora do departamento de Desportos Individuais do Centro de Educação Física (CEFD), Maristela Souza, a mobilização é mais um importante dia de luta dos trabalhadores e estudantes. “Dia 7 de setembro é uma data em que o Brasil tem a tradição de comemorar a sua independência. Mais do que nunca, temos que ir às ruas e mostrar a nossa disposição para a luta e dizer que não temos o que comemorar, pois estamos rumo ao neocolonialismo, entregando nossas riquezas e a nossa dignidade enquanto trabalhadores através dos cortes para a educação e o ‘Future-se’, que significa a privatização da universidade pública e a reforma da previdência”, destaca Maristela…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *