BASTIDORES. Carroças sem cavalos em toda cidade, pré-sal, PSL, audiência pública e o título indesejado

BASTIDORES. Carroças sem cavalos em toda cidade, pré-sal, PSL, audiência pública e o título indesejado

BASTIDORES. Carroças sem cavalos em toda cidade, pré-sal, PSL, audiência pública e o título indesejado - carroças-audiencia-publica

Em audiência pública, população demonstrou ser favorável ao projeto de João Kaus. Foto Allysson Marafiga

Por Maiquel Rosauro

O vereador João Kaus (MDB) protocolou, na sexta-feira (18), uma emenda modificativa ao Projeto de Lei Complementar 8846/19, de sua autoria, que originalmente proibia a circulação de veículos de tração animal no perímetro urbano central da cidade.

Após a realização da audiência pública, na semana passada, o emedebista resolveu alterar o projeto.

“Na ocasião, a população mostrou-se, quase de forma unânime, favorável a proibição de circulação de carroças, mas não apenas no Centro da cidade, como era proposto no texto inicial do Projeto de Lei, e sim em sua totalidade”, argumenta Kaus.

Desta forma, a emenda proíbe a circulação de veículos de tração animal no perímetro urbano central da cidade (bairros Menino Jesus, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora do Rosário, Bonfim e Centro), a partir de 18 meses após sua promulgação. Após 36 meses, a lei será válida para toda a cidade.

Ainda não há previsão de quando o projeto irá para votação em Plenário.

 

R$ 7,3 milhões

O vice-prefeito Sérgio Cechin (PP) comemorou nas redes sociais o sancionamento do PL 5478/19, que estabelece parcela que cada município receberá no rateio decorrente do leilão de áreas do pré-sal marcado para 6 de novembro. Santa Maria deverá receber R$ 7,3 milhões.

Em sua publicação, Cechin enalteceu a atuação do senador Luiz Carlos Heinze (PP) na tramitação do projeto.

 

Crise de identidade

A quem interessar possa, a fanpage do PSL de Santa Maria agora se chama Meu Partido é o Brasil – Santa Maria/RS. Efeito da crise nacional do PSL…

 

Audiência pública

A Comissão Especial que analisa o Projeto de Lei Complementar 8933/2019 realiza audiência pública na segunda-feira (21), às 14h, na Câmara de Vereadores.

A proposição, de autoria de Jorge Trindade – Jorjão (Rede) obriga que empreendimentos comerciais com área a partir de 1000 m² ofereçam, de forma gratuita, cadeiras de rodas com cesto para utilização no local por pessoas com dificuldades de locomoção.

A comissão que analisa o projeto é formada por Jorjão, presidente; Valdir Oliveira (PT), vice; e Admar Pozzobom (PSDB), relator.

 

Buracos

E para fechar os Bastidores, o que dizer desta imagem que está viralizando nas redes sociais?



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *