CulturaMemória

MEMÓRIA. Aos 59 anos, morre publicitário e escritor Carlos Alberto Bellinaso. Corpo será sepultado à tarde

Durante muitos anos gerente comercial do jornal A Razão, o publicitário Carlos Alberto Bellinaso (foto acima, de Reprodução), 59 anos, morreu no início da madrugada de hoje, vítima de infarto. Seu corpo, como informa material originalmente publicado na versão online do jornal Diário de Santa Maria (AQUI).

Bellinaso, que também desempenhou funções relevantes em outros veículos de comunicação, inclusive como Gerente Executivo das emissoras RBS-TVs de Santa Maria e Uruguaiana, se destacava na área comercial e tinha, segundo ele próprio disse a este escriba, grande fascínio pela literatura. Tanto que escreveu prolificamente, e há muitos anos. Inclusive, há poucos anos, tornou-se integrante, também, da Academia Santa-Mariense de Letras (ASL).

Semana passada ainda, e nessa condição, foi o Patrono da Feira do Livro de Nova Palma, na Quarta Colônia, onde também autografou suas últimas obras.

O corpo de Carlos Alberto Bellinaso é velado, desde o início da manhã, an Capela D do Cemitério Santa Rita, onde sera sepultado às 4 da tarde. Bellinaso deixa dois filhos, Carlos Alberto e Vithória, e uma neta.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo