CIDADE. Prefeitura inicia o estudo sobre mobilidade para elaborar o “Plano Diretor do Transporte Urbano”

CIDADE. Prefeitura inicia o estudo sobre mobilidade para elaborar o “Plano Diretor do Transporte Urbano”

CIDADE. Prefeitura inicia o estudo sobre mobilidade para elaborar o “Plano Diretor do Transporte Urbano” - prefeitura-transporte-coletivo

Prefeitura inicia estudo sobre mobilidade urbana e elaboração do Plano Diretor do Transporte Urbano. Equipes já estão nos ônibus

Por MANUELA VASCONCELLOS (texto) e JOÃO ALVES (foto) ,da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

Para garantir um processo transparente e social, a Prefeitura dá andamento à elaboração do Plano Diretor do Transporte Urbano que objetiva melhorar o serviço prestado aos usuários de ônibus de Santa Maria. Para isso, uma das primeiras iniciativas é ouvir a população por meio de pesquisas realizadas por pessoas que estarão dentro dos coletivos, além de enquetes online e audiências públicas. No site da Prefeitura, a participação é feita acessando http://www.santamaria.rs.gov.br/transportetransparente/

Com o reforço de profissionais da Prefeitura, a ProCidades, de Porto Alegre, será a responsável por este trabalho, que resultará na abertura de licitação do transporte público. A empresa venceu a licitação para elaborar estudos de mobilidade urbana. A ordem de serviço para a execução do Plano Diretor de Transporte Coletivo Urbano foi assinada na última sexta-feira (11).

“Todo esse trabalho vem ao encontro dos anseios da população. Por isso, ouvir os usuários é fundamental, e queremos a participação do maior número de pessoas possível. Desta forma, estamos dando um passo histórico para Santa Maria e norteando o futuro dos envolvidos neste processo. Sabemos dos problemas, queremos cada vez mais identificá-los e, com isso, procurar soluções viáveis e justas para todos”, enfatiza o prefeito Jorge Pozzobom.

Discussão social e pesquisa de campo

A partir desta terça-feira (12), equipes formadas por cinco duplas estão em linhas que percorrem a UFSM (faixas Velha e Nova), UFSM – Bombeiros e Tancredo Neves – Campus. Nesta primeira fase, os pesquisadores irão fazer avaliações e levantamentos numéricos de embarque e desembarque e de origem e destino de passageiros. Serão 15 dias de realização deste trabalho de amostragem, ocorrendo em todas as demais linhas, que objetiva a verificação do volume e do distanciamento espacial dos usuários.

As equipes estarão dentro dos coletivos e devidamente identificadas. Os pesquisadores realizaram treinamentos na última semana proporcionados pela ProCidades. São acadêmicos da UFSM dos cursos ligados à engenharia, à mobilidade urbana e à estatística. Após essas fases, serão desencadeadas novas atividades de coleta de informações sobre o transporte. Este plano de trabalho da empresa foi apresentado aos representantes do Conselho Municipal de Transportes na manhã desta terça-feira (12), em reunião ordinária do CMT, na sede da ATU…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *