SAÚDE. Baixa adesão faz Prefeitura rever estratégia para vacinação contra o sarampo e ir às universidades

SAÚDE. Baixa adesão faz Prefeitura rever estratégia para vacinação contra o sarampo e ir às universidades

SAÚDE. Baixa adesão faz Prefeitura rever estratégia para vacinação contra o sarampo e ir às universidades - prefeitura-vacina-sarampoPor MANUELA VASCONCELLOS (com foto de Arquivo), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

A baixa adesão à vacina contra o sarampo na segunda etapa da campanha, para pessoas de 20 a 29 anos, fez com que a Prefeitura efetivasse uma nova estratégia na tentativa de atingir resultados positivos. Nesta quarta-feira (27), estudantes da Universidade Franciscana (UFN) estão tendo acesso às doses no Campus I (Rua dos Andradas). Nesta quinta-feira (28), haverá vacinação na UFSM e na Fapas, e na sexta-feira (29), na Fadisma e na Fames.

Em uma ação experimental, acadêmicos da Fisma e estudantes do Colégio Manoel Ribas tiveram acesso às vacinas nesta terça-feira (26). A iniciativa é gratuita, sendo realizada por meio da Vigilância em Saúde e da superintendência de Atenção Básica, da Secretaria de Saúde. Além dessas ações nas universidades, as pessoas podem seguir procurando as Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

“Trata-se de mais uma oportunidade que estamos possibilitando para o público de 20 a 29 anos. Fazemos esse apelo porque o risco de contaminação do sarampo está muito grande e a população não está procurando as unidades de saúde”, explica o superintendente de Vigilância em Saúde, Alexandre Streb.

Outro principal pedido é que, no momento da aplicação da dose, as pessoas portem a Carteira de Vacinação da infância. Esse também tem sido um dos entraves para que a adesão à campanha esteja baixa. Desde o começo da segunda etapa, em 18 de novembro, foram aplicadas 212 doses em pessoas de 20 a 29 anos, sendo que a meta é de um público de 43,2 mil. A meta é chegar a 95% desse total.

Além da iniciativa nas instituições de ensino superior de Santa Maria, neste sábado (30), ocorre o Dia D de vacinação contra o sarampo. Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Município estarão abertas, das 8h às 17h, para a aplicação das doses. Os pais de crianças de seis meses a menores de 5 anos também podem levar os pequenos em qualquer unidade para a verificação da caderneta. Esse foi o público-alvo da primeira etapa da campanha. Caso a criança ainda não tenha se imunizado, receberá a dose.

Esses públicos foram priorizados porque estão entre os mais acometidos e com maior incidência da doença nos surtos registrados em 2019. Em crianças menores de 5 anos, os registros de internações são em maior número e apresentam alto risco de desenvolver complicações, como cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonias e óbitos pelo sarampo.

Cronograma de vacinação contra o sarampo:

UFSM
– Nesta quinta-feira (27), das 8h30min às 11h (no Centro de Ciências da Saúde e HUSM), 11h30min às 14h (em frente ao RU do Campus de Camobi), e das 18h30min às 20h30min (em cima do prédio do RU)

Faculdade Palotina de Santa Maria (Fapas)
– Nesta quinta-feira (27), das 18h30min às 20h30min

Faculdade de Direito de Santa Maria (Fadisma)
– Nesta sexta-feira (29), das 8h às 10h

Faculdade Metodista Centenário (Fames)
– Nesta sexta-feira (29), das 18h30min às 20h30min

Dia D
– Neste sábado (30), das 8h às 17h, nas Salas de Vacina das UBSs

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *