RÁDIO. Mercado profissional começa a semana com muito movimento: Mendelski troca Guaíba pela Band

RÁDIO. Mercado profissional começa a semana com muito movimento: Mendelski troca Guaíba pela Band

RÁDIO. Mercado profissional começa a semana com muito movimento: Mendelski troca Guaíba pela Band - coletiva-rogério-mendelskiDa Redação portal especializado Coletiva.Net, com foto de Divulgação

A manhã desta segunda-feira, 2, foi marcada por movimentação no mercado da Comunicação do Estado. O radialista Rogério Mendelski  (foto acima) deixou a Rádio Guaíba, emissora na qual trabalhava desde 2007 e onde apresentava o programa ‘Bom Dia’, para assinar contrato com a Band RS.

Mendeslki foi procurado por Coletiva.net, porém, quem atendeu o portal foi o produtor-executivo Otto Bede, que acompanha o radialista desde 2002 e que também deixará a Guaíba. Na ligação, Bede afirmou que apenas a Band se pronunciaria sobre a contratação.

Leonardo Meneghetti, diretor-geral da Band RS, ressaltou ao portal que as negociações estavam em andamento há alguns meses e que o grupo está muito feliz com a contratação de Mendelski, uma vez que a emissora busca investir cada vez mais em jornalismo de análise. “Em um momento conturbado da nossa política, é ótimo contar com um profissional como o Mendelski, que tem uma competência enorme em interpretar os fatos”, afirmou. Segundo o executivo, o radialista deverá estrear no final de dezembro ou no começo de janeiro à frente do programa ‘Primeira Hora’, das 6h às 8h.

Ao Coletiva.net, Nando Gross, diretor-geral da Rádio Guaíba, informou que a emissora não foi comunicada oficialmente da saída de Mendelski e, portanto, ainda não foi decidido qual será o futuro do Bom Dia.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



3 comentários

    • Evandro Reis

      A rádio Guaíba perde muito em qualidade com sua saída. Só vejo um nome à altura para substituí-lo: Rafael Marconi, subutilizado na Rede Pampa.

  1. Aderbal Froes

    O Mendelski é Old School. Tem um currículo elogiável.Faz parte daquela geração de jornalistas que ia campo e depois se desdobravam ás pressas na maquina de escrever. Tem um bom texto, escreve bem. Tem um senso crítico muito afiado, por mais que ás vezes se posicione um direitista nato. Não falo por ele, mas algumas vezes me pareceu ser um antipetista inveterado ou um critico severo da esquerda no Brasil, na América Latina e no mundo. Foi um jornalista “pau para toda obra”, não sei se ainda o é. É culto e tem opinião, mesmo que ela tenha lhe custado alguns problemas profissionais.Nos últimos anos, talvez não tenha acompanhado a evolução ou as mudanças ocorridas no “jeito” de se fazer rádio. Será que perdeu o “timing”. Não sei. Quanto á ir para a Band, aposto meus últimos vinténs que, aí tem o dedo do Diego Casagrande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *