PARTIDOS. PSL mais ganhou do que perdeu filiados, após saída dos Bolsonaro - afirma nota oficial da sigla

PARTIDOS. PSL mais ganhou do que perdeu filiados, após saída dos Bolsonaro – afirma nota oficial da sigla

PARTIDOS. PSL mais ganhou do que perdeu filiados, após saída dos Bolsonaro - afirma nota oficial da sigla - poder360-bolsonaro-e-psl

Presidente da República Jair Bolsonaro e o filho (e senador) Flavio (de gravata amarela) pediram desfiliação do PSL em novembro

Do portal especializado PODER360, com texto de MAURÍCIO FERRO e foto de Reprodução

O PSL informou nesta 5ª feira (9.jan.2020) que “aumentou o número de filiados após a saída do presidente Jair Bolsonaro (sem partido)“. Em nota, o partido diz que, “desde novembro, foram registrados 14.817 novos pedidos de filiação”, contra “cerca de 750 pedidos de desfiliação”.

As solicitações de desfiliação representam 0,21% do total de filiados (353.795), de acordo com a sigla. “No maior colégio eleitoral do Brasil, São Paulo, por exemplo, foram somente 50 desfiliados”, diz a nota. O texto afirma que as informações do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) estão defasadas.

Eis a íntegra da nota distribuída à imprensa:

“Ao contrário do que foi divulgado na imprensa, o Partido Social Liberal (PSL) aumentou seu número de filiados após a saída do Presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Desde novembro, foram registrados 14.817 novos pedidos de filiação.

​No mesmo período, foram apresentados apenas cerca de 750 pedidos de desfiliação em todo o país, o que representa 0,21% do total de filiados (353.795).

No maior colégio eleitoral do Brasil, São Paulo, por exemplo, foram somente 50 desfiliados.

​Ressalte-se que a atualização oficial do TSE é feita somente duas vezes por ano, nas datas de 12 de abril e 12 de outubro, quando o sistema do tribunal processa todos os pedidos. Longe dessas datas, apenas o partido político tem os números com maior precisão.

Como a saída do presidente Bolsonaro ocorreu em 19 de novembro de 2019, ainda não há por parte do TSE qualquer número oficial.”

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *