CIDADE. Supermercado, bares, farmácia e igreja na mira dos guardas municipais, por conta da quarentena

CIDADE. Supermercado, bares, farmácia e igreja na mira dos guardas municipais, por conta da quarentena

CIDADE. Supermercado, bares, farmácia e igreja na mira dos guardas municipais, por conta da quarentena - prefeitura-fiscalização-840Por JOÃO PEDRO LAMAS (com imagem de Reprodução), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

Em mais um plantão de combate à disseminação do coronavírus, a Prefeitura de Santa Maria, por meio da Guarda Municipal e da Superintendência de Fiscalização da Secretaria de Estruturação e Regulação Urbana, dispersou aglomerações de pessoas em uma farmácia, uma igreja, um supermercado e em três bares entre a noite de terça-feira (24) e a madrugada desta quarta (25). A aglomeração de pessoas é apontada pelo Poder Público como a forma com que o vírus se dissemina mais rapidamente, razão pela qual a orientação é para que a população permaneça em casa, e saia somente para o estritamente necessário.

De acordo com a Superintendência da Guarda Municipal, os espaços foram denunciados por meio do telefone 153. Foram recebidas três denúncias de aglomerações de pessoas em farmácias. Somente em uma delas houve confirmação do problema, e os gestores do estabelecimento foram orientados quantos aos procedimentos de segurança. Além disso, os agentes e fiscais da prefeitura confirmaram que um culto era realizado em uma igreja, o que está em desconformidade com o Decreto Executivo que delibera sobre as medidas de segurança para evitar a disseminação do coronavírus, principalmente ao que se refere a aglomerações de pessoas. Ainda, houve constatação do mesmo problema em três bares. Por fim, foi constatada a aglomeração de pessoas em um supermercado.

O Executivo Municipal enfatiza que a abordagem inicial é no sentido de orientação. Caso a desobediência ao decreto se repita, serão adotadas medidas punitivas.

O Decreto Executivo nº 60 reforçou as restrições para o funcionamento de estabelecimentos de qualquer natureza. Além disso, mais de 20 de viaturas de órgãos de segurança estão nas ruas para orientar e conscientizar a população quanto à necessidade de permanecer em casa e só sair para o estritamente necessário. Esses veículos estão equipados com aparelhos de som.

Denúncias podem ser feitas à Guarda Municipal pelos números 153 e (55) 99217-8122 (somente WhatsApp).

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

OBSERVAÇÃO DO EDITOR: nomes dos estabelecimentos ou da igreja não foram divulgados pela Prefeitura.



1 comentário

  1. Rose

    Ta bem como esses bagres gostam , começou o dedurismo (incentivado pela esquerda ) , pasmem, porque cada um não cuida da sua vida, para prefeito só vou votar em quem prometer acabar com esta inutil guarda municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *