Eleições 2020PartidosPolítica

PARTIDOS. PL desiste do edil João Ricardo Vargas e anuncia chegada de ex-candidata a deputada pelo PSL

Executiva do PL, em reunião informal. Partido decidiu que não filiará nenhum candidato com cargo de vereador, caso do tucano Vargas

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Divulgação), da Equipe do Site

O Partido Liberal (PL) não será mais o destino do vereador João Ricardo Vargas (PSDB). A Executiva da legenda se reuniu na noite dessa terça-feira (17) e decidiu, por unanimidade, que não terá como pré-candidatos pessoas que estejam exercendo função em cargo eletivo. A medida visa dar chances iguais a todos os seus pré-candidatos.

O presidente municipal, Miguel Passini, esclarece que o partido não fechou suas portas para Vargas de forma definitiva. Todavia, o tucano não poderá ingressar no partido neste momento.

“Na realidade, foi decidido que não receberemos nenhum candidato com cargo de vereador. Nisso se enquadra o Vargas também”, afirma Passini.

O PL havia preparado um almoço de filiação de Vargas, que ocorreria no Restaurante Vera Cruz, em 7 de março. O evento foi divulgado à imprensa e até o presidente estadual da sigla, Giovani Cherini, havia confirmado presença. Porém, o vereador recuou e pediu um tempo para pensar melhor sobre o assunto (AQUI).

Ao mesmo tempo em que desistiu de Vargas, o PL anunciou a chegada da ex-candidata a deputada federal pelo PSL, Tatiane Marques. Em 2018, ela registrou 5.138 votos, sendo 2.835 votos em Santa Maria. Em outubro, ela concorrerá à Câmara de Vereadores.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

3 Comentários

  1. Tatiane Marques não compactuou com a conduta da direção do seu antigo partido (PSL). Seguindo o exemplo do seu guia político, Jair Bolsonaro, procurou ares mais limpos e puros sendo bem recebida pelo PL, partido a meu ver honesto e bem dirigido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo