Câmara de VereadoresPrefeituraSaúde

POLÍTICA. Presidente da Câmara vai à Prefeitura. É o primeiro encontro, após “crise do Regional”. E então…

Entre os assuntos tratados, esteve a pandemia de Covid-19, causada pelo novo coronavírus. Terá sido superado o bafafá de 10 dias atrás?

Com Acréscimo Claudemiriano, por JOÃO PEDRO LAMAS (texto) e ARIÉLI ZIEGLER (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

O prefeito Jorge Pozzobom recebeu em seu gabinete, na manhã desta quarta-feira (6), o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Maria, Adelar Vargas, mas conhecido como vereador Bolinha.

A reunião foi motivada pela necessidade de haver conversas sobre as medidas tomadas pelo Executivo Municipal até então, bem como do Legislativo, para avaliá-las e ouvir demandas das duas esferas de poder. Só as emendas impositivas totalizaram R$ 5.105.507,94. Um dos pontos predominantes do encontro foi a pandemia de Covid-19, causada pelo novo coronavírus.

“Desde o começo dessa pandemia, temos tomado diversas decisões que buscam garantir a segurança da nossa população. Sabemos que é um momento difícil, e, para passar por ele, contamos com a compreensão e colaboração de toda a sociedade santa-mariense, principalmente da Câmara de Vereadores. O diálogo é muito importante para tomarmos decisões conjuntas com a sociedade”, disse o prefeito Jorge Pozzobom.

O presidente da Câmara de Vereadores disse entender que as medidas de distanciamento social são o caminho certo, no entanto, demonstrou preocupação com o desemprego.

“É um ano atípico, e precisamos ter calma”, disse o presidente do Legislativo.

Desde o começo da pandemia, a prefeitura tem se reunido com diferentes setores da sociedade para ouvir os principais problemas dos trabalhadores das diferentes categorias e de que forma eles poderiam ser amenizados. Recentemente, houve a retomada gradual da cadeia produtiva na cidade, com regras que foram estipuladas a partir dessas conversas, ou seja, determinando aquilo que era possível fazer, trazendo benefícios para os empreendimentos, mas, sem colocar em risco a população.

O chefe do Executivo enfatizou que a manutenção das medidas de distanciamento social é necessária, pois a aglomeração de pessoas é uma das formas em que o vírus se dissemina mais facilmente, razão pela qual há impacto em relação às aulas nas redes de ensino, bem como na prestação de serviços em toda a cidade.

O Observatório de Dados da Covid-19, criado pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), aponta que as medidas adotadas pela Prefeitura de Santa Maria até agora têm mostrado resultados positivos para a contenção da doença. Não houve registro de nenhuma morte, e a quantidade de casos confirmados é tolerável. No entanto, apontam os pesquisadores que integram o observatório, caso a manutenção das medidas não ocorra, há risco de escalada no número de casos, o que, eventualmente, sobrecarregaria os sistemas público e privado de saúde, colocando em risco a maior parte da população.

Também participaram da reunião, o secretário chefe da Casa Civil, Guilherme Cortez, e o secretário de Modernização e Gestão Administrativa, Marco Mascarenhas.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

ACRÉSCIMO CLAUDEMIRIANO: foi o primeiro encontro institucional entre Prefeito e Presidente da Câmara, após a vistoria do Hospital Regional, há 10 dias, e que causou muita brabeza por parte do Legislativo.

Lembrando, naquela ocasião, o presidente da Câmara chegou a emitir, com seus pares, nota de protesto pela não participação no evento importante para a Saúde de Santa Maria. Aparentemente, são águas passadas – embora, na terça-feira, tenha sido criada no parlamento uma comissão para acompanhar de perto o uso dos recursos das emendas impositivas no combate à Covid-19.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo