FLASH. Confirmada a 4ª morte por Covid-19 em SM

FLASH. Confirmada a 4ª morte por Covid-19 em SM

FLASH. Confirmada a 4ª morte por Covid-19 em SM - 7a2e36f4-corona-novo

COM ACRÉSCIMO DE INFORMAÇÕES

A Prefeitura Municipal, por sua Superintendência de Comunicação, emitiu nota em que oficializa (leia mais abaixo) a informação sobre morte da quarta vítima de coronavirus em Santa Maria, que este site noticiou no final da manhã.

Conforme informações repassadas ao Diário de Santa Maria (AQUI, para quem é assinante ou não esgotou o número máximo de notas gratuitas mensais), a vítima é uma senhora de 66 anos, residente em Santa Maria, que estava internada desde 18 de abril na ala Alcides Brum, do Hospital de Caridade Dr Astrogildo de Azevedo. Ela morreu na madrugada desta quinta-feira.

Relembrando. Além dos 222 casos confirmados e dos 2.851 suspeitos OFICIALIZADOS no final da noite de ontem pela Prefeitura, as outras três mortes ocorreram no mês passado, nos dias 14, 15 e 24. Por coincidência, todas as vítimas foram mulheres: uma de 72 anos, outra de 60 e também uma jovem de 36.

Confira a seguir o Comunicado Oficial da Prefeitura, emitido agora à tarde:

“A Prefeitura de Santa Maria comunica o quarto óbito em decorrência do novo coronavírus no Município, registrado no início da madrugada desta quinta-feira (4), à 0h05min.

Trata-se de uma mulher de 66 anos, moradora de Santa Maria. A paciente deu entrada no Hospital de Caridade Astrogildo de Azevedo/Alcides Brum no dia 18 de abril, apresentando quadro de apendicite, e passou por cirurgia. Ainda internada no hospital, no dia 7 de maio, após apresentar sintomas de Covid-19, ela foi submetida a exame molecular para atestar a contaminação pelo novo coronavírus, e o resultado deu positivo. No mesmo dia, ela foi transferida para a ala destinada a pacientes com Covid-19, em leito clínico. 

Seu quadro de saúde se agravou, e, em 8 de maio, a paciente foi encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde permaneceu internada até vir a óbito na madrugada desta quinta. Ela apresentava comorbidades, como obesidade e doença cardiovascular crônica. 

O caso será incluído no boletim epidemiológico que será atualizado na noite desta quinta-feira (4).”



1 comentário

  1. O Brando

    Lamentações de praxe. Número de ‘suspeitos’ é ridículo, faltam testes e aparentemente nada é feito para solucionar o problema.
    Bom lembrar que a aldeia tem algo como 280.000 habitantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *