SAÚDE. Rio Grande do Sul já teve mais de 60 surtos associados à Covid-19. Maioria ocorreu em frigoríficos

SAÚDE. Rio Grande do Sul já teve mais de 60 surtos associados à Covid-19. Maioria ocorreu em frigoríficos

SAÚDE. Rio Grande do Sul já teve mais de 60 surtos associados à Covid-19. Maioria ocorreu em frigoríficos - baea57f9-correio-do-povo-covid-surtos

Frigoríficos tiveram a maior incidência de surtos de Covid-19 no Estado. No total verificado, ainda há 23 sob investigação das autoridades

Da redação do Correio do Povo, com informações do Governo do Estado e foto de Divulgação/BRF

Conforme dados da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul (SES), o Estado já teve 64 surtos de síndrome gripal associadas à Covid-19 desde o início da pandemia. O levantamento considera os casos em instituições fechadas, como os registrados em frigoríficos espalhados pelo Interior.

De acordo com a SES, os surtos ocasionaram pelo menos 2.954 casos de Covid-19. Porém, ao menos dois dos surtos não tiveram dados informados, então o número pode ser maior. Das pessoas que se contaminaram a partir desses surtos, 18 faleceram – sete delas em Lajeado.

Os estabelecimentos foram divididos em três categorias, conforme a atividade principal. Na primeira, estão indústrias destinadas à fabricação da produtos alimentícios (frigoríficos e laticínios). Na segunda, atividades industriais, comerciais, econômicas e administrativas. Na última, estão as instituições de saúde humana e administração pública, como lares de idosos e penitenciárias.

Ainda conforme a pasta, destes 64 surtos, 53 ainda encontram-se em investigação. Outros 11 foram considerados encerrados.

Na primeira categoria, ainda são 23 surtos em investigação, o que soma mais de 24 mil trabalhadores expostos, com mais de 2 mil com diagnóstico positivo para Covid-19. É a categoria que mais registra casos. Destaque para a Serra, com cidades como Garibaldi, Carlos Barbosa, Caxias do Sul e Farroupilha.

Na categoria dois, houve 19 surtos notificados. Já na terceira, foram 11 casos. Somando as duas, foram quase 8 mil trabalhadores expostos e mais de 300 diagnósticos positivos para Covid-19.

Já os surtos encerrados foram 11, caracterizados por período de 15 dias sem novos casos de sintomas de síndrome gripal. Eles ocorreram em Porto Alegre, na Serra e em cidades como Passo Fundo e Lajeado, gravemente afetadas pela Covid-19.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *