BASTIDORES. OAB, advogados e a Câmara. E ainda: a pesquisa do PTB, o desafio aos leitores e José Farret

BASTIDORES. OAB, advogados e a Câmara. E ainda: a pesquisa do PTB, o desafio aos leitores e José Farret

BASTIDORES. OAB, advogados e a Câmara. E ainda: a pesquisa do PTB, o desafio aos leitores e José Farret - d3ac7841-bastidores-câmara

OAB de Santa Maria quer “chegar chegando” no Legislativo. Não vai dar certo. A Câmara de Vereadores é recatada

Por MAIQUEL ROSAURO (foto de Allysson Marafiga/AICV e imagem de Reprodução), da Equipe do Site

Os bastidores da política santa-mariense estão fervendo com a intenção da subseção local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em criar uma comissão externa para acompanhar o Parlamento Municipal (AQUI). Não foram apenas os vereadores que receberam a notícia com estranhamento, advogados também foram pegos de surpresa.

Em grupos de WhatsApp com causídicos de Santa Maria o assunto gerou bons debates. De forma geral, a conclusão dos advogados é que o problema nem é a comissão em si, pois a OAB tem mais é que fiscalizar mesmo o Parlamento e propor seja lá o que for do seu interesse.

O problema está na forma como o presidente da OAB/SM, Péricles Lamartine da Costa, conduziu a situação sem antes propor um debate com o Legislativo. A percepção geral é de que o órgão foi desrespeitoso com os advogados que atuam no Parlamento e que, aliás, são membros da Ordem.

Péricles comete um erro comum, repetido por vários cidadãos de Santa Maria quando se dirigem ao Parlamento com “armas na mão”. Este repórter, em inúmeras oportunidades, observou pessoas comuns e lideranças comunitárias fazendo reinvindicações com veemência aos vereadores, levantando o tom de voz e, algumas vezes, sendo desrespeitosos frente ao trabalho dos edis. Todos, sem exceção, por mais razão que tivessem, não foram ouvidos.

A Câmara de Vereadores não funciona assim. O Parlamento tem um rito próprio, cerimonioso e que, automaticamente, exclui quem tenta chegar de supetão.

Uma dica aos navegantes: o Parlamento precisa ser encarado com uma donzela que precisa ser conquistada. É preciso chegar com calma, se apresentar, ser objetivo, demonstrar suas intenções e… o resto ocorre naturalmente.

BASTIDORES. OAB, advogados e a Câmara. E ainda: a pesquisa do PTB, o desafio aos leitores e José Farret - 77e3aab2-bastidores-jaderJader

Agora, vamos ver se você é um leitor atento!

Há um erro na imagem ao lado, divulgada pelo pré-candidato a prefeito Jader Maretoli. Você é capaz de identificar?

O problema não está no currículo, jovem padawan.

Você conhece o “Partido Republicano”? Esta legenda não existe. O nome correto é Republicanos, aprovado em Convenção Nacional do antigo PRB, em 7 de maio de 2019.

PTB e a pesquisa

O PTB/SM quase divulgou seu apoio ao pré-candidato a prefeito Sergio Cechin (PP) nesta sexta-feira (3). Havia uma grande expectativa para o anúncio, mas o adiamento do pleito levou a sigla a mudar seus planos.

Conforme o presidente do PTB/SM, Jair Binotto, a legenda investirá em uma pesquisa de opinião com o eleitorado para decidir seu futuro.

“Nós estamos agora com o adiamento das eleições e ganhamos mais um tempo. Resolvemos encomendar uma pesquisa com o meu nome como pré-candidato do PTB e depois avaliarmos melhor”, explica.

O PTB, até o mês passado, fez parte da Frente Trabalhista liderada pelo PDT & Cia (AQUI). Porém, o partido resolveu se desvincular do grupo e analisa um voo solo. Enquanto isso, a legenda tem sido paquerada, sobretudo, pelo PP de Cechin e o pelo PSDB, do prefeito Jorge Pozzobom.

Farret

Tem fila de pré-candidato correndo atrás do ex-prefeito de Santa Maria, José Haidar Farret (sem partido). Quem garantiu uma foto com ele, esta semana, foi Elton Chaves, pré-candidato tucano ao Parlamento.

 



4 comentários

  1. O Brando

    Doutor Péricles não me passou procuração e tem plena capacidade para se defender. Porém cabe lembrar que o Conselho Federal da OAB possui Comissão Nacional de Legislação , Comissão Especial de Acompanhamento Legislativo, Comissão Especial de Defesa dos Municípios, etc. OABRS tem a Comissão Especial de Acompanhamento Legislativo que tem como prerrogativa ‘Estudar e acompanhar propostas e projetos de lei, junto ao Poder Judiciário, Executivo e Legislativo,[…] que violem diretrizes gerais de direito defendidas institucionalmente pela OAB/RS;’. Na aldeia não pode? Por que? Alas, existe diferença entre advogado(a) e criatura portadora de credenciais da Ordem.
    ‘Péricles comete um erro comum’, ‘O Parlamento tem um rito próprio, cerimonioso ‘, ‘Uma dica aos navegantes: o Parlamento precisa ser encarado com uma donzela que precisa ser conquistada.’. De duas uma. É provocação, o que seria hilário. Ou os jornalistas, como se vê muito por ai, esquecem o próprio papel, meros ‘leva e traz’.
    Duas coisas: Casarão acha que é uma corte; o feminismo ainda não emancipou as donzelas. MR defende os edis para não perder acesso. Tomou partido. Não interessa a desculpa que inventou para si mesmo.

  2. Rose

    Quem precisa de foto com o farret …é porque não se garante…ta dado o recado…..sem mimimimi aqui…poupem o editor chefe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *