ELEIÇÕES 2020. Eleitorado do País quase dobrou desde a redemocratização. Hoje são 147,9 milhões

ELEIÇÕES 2020. Eleitorado do País quase dobrou desde a redemocratização. Hoje são 147,9 milhões

ELEIÇÕES 2020. Eleitorado do País quase dobrou desde a redemocratização. Hoje são 147,9 milhões - 77ad1f37-poder360-eleitorado

Número de eleitores brasileiros tem crescido a cada pleito. Eles eram 82 milhões na eleição presidencial de 1989. Hoje quase duplicou

Do portal Poder360. Texto de LETÍCIA ALVES, com foto de MARCELO CAMARGO (Agência Brasil)

O eleitorado brasileiro chegou a 147.918.483 em 2020, número quase duas vezes maior do que em 1989, ano da 1ª eleição depois da redemocratização do país. Naquele ano, 82.074.718 pessoas estavam aptas a ir às urnas.

Poder360 comparou os números atuais, divulgados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nesta 4ª feira (5.ago.2020), com os das últimas 3 décadas e chegou a uma curva ascendente de eleitorado e de participação democrática…

…O eleitorado é majoritariamente feminino. Em 2020, há 77.649.569 eleitoras, que representam 52,49% do total; já os homens são 70.228.457 (47,48%).

Outros 40.457 eleitores não informaram o gênero com o qual se identificam, representando 0,03% do eleitorado brasileiro. O uso do nome social no título de eleitor é permitido desde 201. Naquele ano, 9.985 pessoas acionaram esse direito.

Do total dos eleitores, 133.377.663 são obrigados a votar, enquanto para 14.538.651 o voto é facultativo – é o caso de pessoas com menos de 18 anos e com mais de 70. A maior parte do eleitorado com voto obrigatório está na faixa etária de 35 a 59 anos: 67.011.670.

2º TURNO

Outro número que também tem crescido significativamente a cada eleição é o de cidades que podem ter 2º turno. Para isso, é necessário ter mais de 200.000 eleitores –é o caso, em 2020, de 95 municípios. Em 2016, último pleito municipal, foram 55. Já em 2012, foram 50.

A votação deste ano teve a data adiada devido à pandemia de covid-19. Inicialmente prevista para os dias 4 e 25 de outubro, será realizada em 15 e 29 de novembro. Apesar disso, a posse continua mantida para 1º de janeiro de 2021 –nenhum mandato será estendido.”

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *