Eleições 2020PartidosPolítica

ELEIÇÕES 2020. Líder do Solidariedade, que apoia Cechin, critica Pozzobom por eventos na Santa Marta

Para o presidente do Solidariedade, o prefeito Pozzobom promove aglomerações com os eventos para entrega de matrículas de terrenos

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Divulgação), da Equipe do Site

O presidente municipal do Solidariedade, Gerri Machado, elevou o tom nas críticas contra o prefeito Jorge Pozzobom (PSDB). Em publicação realizada nesta quinta-feira (27), ele disparou contra os eventos realizados para entrega das matrículas dos terrenos da Nova Santa Marta (AQUI).

“Quando o assunto é usar a máquina pública para se beneficiar eleitoralmente, o prefeito de Santa Maria Jorge Pozzobom é especialista e não se preocupa em realizar aglomerações e espalhar o coronavírus”, postou Gerri em seu perfil pessoal no Facebook.

Ele também questiona se não seria mais simples e rápido mandar um carro com uma pessoa para entregar o documento de matrícula na casa de cada morador.

“Claro, que se as matrículas fossem entregues de casa em casa, para evitar aglomeração, o prefeito Pozzobom não teria público para fazer o seu discurso eleitoreiro e cooptar eleitores. O prefeito demonstra não se importar com a segurança e a vida das pessoas, ele está preocupado em se promover eleitoralmente e com o voto das pessoas”, afirma Gerri.

Até o fim da noite desta quinta, a publicação já contava com 70 compartilhamentos e 84 comentários.

 

Outro lado

Pozzobom discorda das críticas do presidente do Solidariedade. De acordo com o prefeito, todas as medidas de segurança vêm sendo tomadas para garantir a segurança diante da pandemia de covid-19.

“A entrega das escrituras na Nova Santa Marta, assim como todos os atos que realizamos nos últimos cinco meses, está observando, rigorosamente, os protocolos de segurança sanitária. Inclusive, com a verificação de temperatura de todos que chegam ao local. Servidores do Município têm se encarregado disso com muita responsabilidade”, alega o prefeito.

Lados opostos

O Solidariedade integra a Frente Abraça Santa Maria, que apoia a pré-candidatura a prefeito de Sergio Cechin (PP) e Francisco Harrisson (MDB) como vice. Já Pozzobom deverá, em breve, anunciar sua busca à reeleição.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

5 Comentários

  1. O Gerri criticou sem olhar pra sua história. É logico que na época passada não havia COVID19. Mas não da pra esquecer ato populista captador de votos do Cechin sem máscara em ato recente. Mas também, e muito importante, que não é momento de atos solenes, mesmo com cuidados, pois isso também é populismo fora de hora.
    E antes que venhsm falar que estou defendendo algum candidato ou agremiação, comunico que não pertenço mais a nenhum partido político.
    Então, estou falando como cidadão santa-mariense preocupado com a população.

  2. O Cecchin e o Harrison já estão fazendo uma campanha descarada batendo de porta em porta. Menos, bem menos Gerri Machado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo